PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pedro Ken celebra arrancada do Ceará e retomada da carreira

30/10/2018 15h16

Foram seis meses de dúvidas, angústias e muita torcida. Suspenso por seis meses após um exame detectar a substância anastrozol em um jogo contra o Santa Cruz, ainda em 2017, o meia Pedro Ken acompanhou de perto, mas fora de campo, a saga do Ceará para escapar de um rebaixamento que era dado por muitos como certo até a parada para a Copa do Mundo na Rússia.

Com o término da pena no fim de agosto, voltou em tempo de ajudar na arrancada que fez o Vozão chegar aos 37 pontos, 13ª colocação e respirar na briga pela permanência na Série A do Brasileiro.

- Foi um período muito complicado. Sempre fui um atleta muito disciplinado, com um histórico irretocável, mas acabei recebendo essa punição. O tribunal entendeu que mesmo eu não tendo tido intenção de usar nada pra me beneficiar, eu tinha minha responsabilidade. Cumpri a pena e agora não quero mais pensar nisso. É muito difícil ver seus companheiros lutando e não poder estar em campo - disse.

Com o término da suspensão, Pedro voltou a ser relacionado para os jogos e se tornou uma opção frequente do técnico Lisca.

- Considero que já tenho uma história bonita aqui no Ceará. Fiz parte da equipe que conquistou o acesso ano passado e fui bicampeão estadual. Fico muito feliz em voltar a tempo de dar minha contribuição nessa arrancada para a permanência. Ainda não conquistamos esse objetivo, sabemos que ainda faltam alguns passos, mas estamos cada dia mais próximos - afirmou.

O jogador, que antes da punição jogava ao lado de Richardson como volante, tem sido aproveitado pelo técnico Lisca em outras funções, mas não vê nisso um problema:

- Sou um volante de origem e foi a posição em que me destaquei aqui no clube, mas sempre tive essa característica da polivalência na minha carreira. Nessa hora não pode existir vaidade pessoal. Estou à disposição do Lisca pra ajudar o Ceará da forma que ele precisar de mim.

Segundo a maioria dos matemáticos, serão necessários 44 pontos para encerrar qualquer chance de rebaixamento. O Ceará, com a vitória de ontem sobre o Atletico-MG, chegou a 37, restando ainda sete jogos por fazer. Ontem, Pedro Ken entrou em campo no início do segundo tempo, e teve participação direta no gol de Leandro Carvalho, que decretou o triunfo cearense por 2 a 1:

- Não podemos relaxar. Estamos vindo numa sequência de resultados importantes e temos que aproveitar o embalo e a confiança. Queremos atingir logo essa pontuação pra não dependermos de ninguém nas últimas rodadas. Acredito que estamos no caminho certo, temos um grupo experiente e um grande treinador. Vamos fazer de tudo pra que o torcedor do Ceará tenha um final de ano feliz - finalizou.

O Vozão volta a campo na próxima segunda-feira (05/11), quando enfrentará o Sport, adversário direto na luta contra o descenso, na Ilha do Retiro.

Esporte