PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos reencontra Cruzeiro, rival que o fez decolar na temporada de 2018

23/09/2018 06h00

O Santos não perde há sete rodadas no Campeonato Brasileiro, sequência que lhe rendeu a nona colocação na tabela. Agora, tem a chance de vencer um jogo direto pela briga por uma vaga à Libertadores de 2019 e conta com alguns detalhes a seu favor. O desafio é neste domingo, às 19h, contra o Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte, em jogo válido pela 26ª rodada da competição.

A última derrota do Peixe no Brasileiro foi em 12 de agosto, justamente em Belo Horizonte, mas contra o Atlético-MG, no Independência. Desde então, o elenco engatou uma reação na temporada e protagonizou bons resultados. Especificamente a vitória contra o Cruzeiro, de virada, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no dia 15 de agosto, é que iniciou tal reação no grupo e na torcida.

De lá para cá, o Santos acabou eliminado dos outros dois torneios que disputava, a Libertadores, além da Copa, mas, mesmo assim, sem derrota no tempo normal. Contra o Independiente, da Argentina, caiu por decisão da Conmebol ao puni-lo com derrota por 3 a 0 no jogo de ida das oitavas de final, que havia terminado empatado.

Vitórias contra Sport, Bahia, Vasco e Paraná e empates com Ceará, Grêmio e São Paulo resultaram em um gol sofrido apenas e 11 marcados em sete jogos. Gabriel tornou-se o artilheiro da competição, com 12 gols. O objetivo agora é manter o time no eixo e dar sequência ao bom trabalho para, enfim, se aproximar do grupo que briga por uma vaga à Libertadores.

- O comprometimento de todos na marcação é o nosso segredo. Todos vêm ajudando e se desdobrando para anular o adversário. Esse é o diferencial. Temos jogado unidos e isso colabora muito para o crescimento da equipe. Precisamos continuar assim - explicou o volante Alison, ao site oficial do Peixe.

O Cruzeiro deve ter um time praticamente inteiro reserva, já que na quarta-feira recebe o Palmeiras, também no Mineirão, pelo importantíssimo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. A Raposa venceu na ida por 1 a 0.

Esporte