PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Peixe repete sina de começar mal o Brasileirão nos últimos anos

22/05/2018 07h45

Iniciar mal o Campeonato Brasileiro tem se tornado rotina no Santos na última década. Considerando apenas os cinco primeiros jogos do Peixe em cada edição da competição nacional, em apenas duas temporadas (2009 e 2010) a equipe da Vila Belmiro conquistou um aproveitamento superior aos 50% dos pontos disputados. No mais, o time já inicia o torneio flertando com a zona de rebaixamento para a Segundona.

Nesta temporada, o Santos comandado pelo técnico Jair Ventura soma seis pontos em cinco rodadas, o que lhe garante apenas 40% dos pontos disputados . Ao todo, o time tem duas vitórias e três derrotas, tendo feito seis gols e levado oito dos adversários. Na tabela, o Peixe - que tem um jogo a menos que os demais clubes - ocupa a 15ª colocação.

- No Brasileiro, temos um jogo a menos e não tem nem um quarto do campeonato. Incomoda não vencer em casa, nós nos cobramos bastante por isso, e tentamos não ficar agoniados e com ânsia de vencer fora. E não podemos perder 100% em casa. Temos de vencer em casa e fora para brigar lá em cima - alertou o treinador do Peixe logo após a derrota, por 1 a 0, para o São Paulo no último domingo.

Embora a campanha seja criticada pelos torcedores, não é muito diferente das observadas em anos anteriores (acima veja a galeria detalhada com o aproveitamento do Peixe em cada ano). Por incrível que pareça, o desempenho do time de Jair Ventura só não é melhor do que os da temporada de 2010 e 2009 - ambas com Neymar no elenco.

Contudo, apesar dos seguidos começos ruins, o time tem demonstrado poder de reação ao longo do ano e terminado em posições intermediárias ou até mesmo flertado com a possibilidade de ser campeão nacional. No ano passado, o Peixe terminou o Brasileirão em 3º e, em 2016, foi vice-campeão. Resta saber se o elenco vai conseguir repetir o feito de anos anteriores.

Esporte