PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Arnaldo supera Luis Ricardo, admite felicidade, mas prega jogo coletivo

29/08/2017 11h57

Por incrível que pareça, o último domingo foi a primeira vez que Jair Ventura precisou escolher entre Luis Ricardo e Arnaldo como lateral-direito titular do Botafogo. Optou pelo segundo e foi bem-sucedido. A atuação do camisa 4, especialmente na contenção dos velozes pontas Zé Eduardo e Mendoza, do Bahia. Pelo nível que apresentou, o natural é continuar entre os 11 iniciais.

- Eu me sinto feliz não só pela minha partida, mas pelos três importantes pontos para nós. Conseguimos nos impor em Salvador contra o Bahia, que é uma grande equipe - comemora.

Luis Ricardo ficou dez meses sem jogar por conta de uma fratura no tornozelo esquerdo. Quando retornou, precisava de ritmo. Quando pareceu mostrar evolução, Arnaldo se lesionou. E quando Arnaldo voltou, jogou apenas partidas com os demais reservas, uma vez que não poderia atuar pela Copa do Brasil - contratado após o prazo de inscrições. Por isso só agora a escolha de Jair.

O próximo jogo "à vera" do Glorioso é contra o Grêmio, no dia 13 de setembro. Antes, porém, é provável que os reservas tenham vez novamente, agora contra o Flamengo. E Arnaldo, desta vez, quer estar em campo.

- Quero jogar jogo grande, sempre queremos jogar. Mas aí é o Jair quem vai decidir. O importante é vencer, sempre. Por mais que tenhamos perdido para o Flamengo (na Copa do Brasil), nossa equipe é grande e vamos demonstrar isso - avisa o lateral, agora titular, do Botafogo.

Esporte