PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Fortaleza vence o Corinthians e encerra série invicta do clube paulista

Diego Iwata Lima

Em São Paulo

11/07/2021 22h27

Classificação e Jogos

O Fortaleza se aproveitou de um bom primeiro tempo e soube conter o Corinthians na segunda etapa para vencer a partida em casa por 1 a 0 e entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro com 21 pontos - quatro a menos que o líder Palmeiras. O resultado deste domingo (11) encerra uma série de seis partidas invictas do Timão, 12º com 14 pontos, sob comando de Sylvinho.

Na primeira etapa, o domínio do Fortaleza foi amplo, em especial no começo da partida. O Tricolor chutou mais, teve mais a bola e não deixava o Corinthians sair para o jogo, com marcação muito alta. O time da casa já tinha arrematado duas vezes com perigo antes de abrir o placar com Robson, aos 18 minutos. Após o gol, o Timão até esboçou atacar, mas não teve força para empatar.

Na segunda etapa, o Fortaleza perdeu um pouco da intensidade, e o Corinthians começou a aparecer com mais perigo à frente. Muito no talento de Fagner e na presença de Jô, mas também com mais organização na troca de passes.

Na reta final da partida, o Corinthians pressionou muito pelo empate, na base do abafa, mas passes e decisões erradas de Luan, Fabio Santos e Gil impediram que o empate viesse.

Cássio salva o Corinthians

O Fortaleza iniciou a partida no campo do Corinthians, marcando a saída de bola e dificultando bastante a vida do alvinegro. Mas foi em uma jogada de troca de passes que o time da casa deu o primeiro susto nos paulistas: após tabela com Felipe, Matheus Vargas enfiou para Robson sair cara a cara com Cássio. O goleiro fez ótima defesa saindo no pé do atacante.

Aos 18, porém, Robson venceu o goleiro alvinegro

Aos 10 minutos, Cássio já tinha feito um milagre, cara a cara com Robson após bom lançamento por elevação de Matheus Vargas. Aos 18, porém, o atacante do Fortaleza superou o arqueiro rival com um excelente chute de fora da área após receber livre na intermediária.

Fagner faz ótima jogada, e Vital exige defesa difícil de Felipe Alves

Foi na qualidade individual de Fagner que o Corinthians enfim incomodou o Fortaleza, aos 34 minutos. Com categoria, o lateral direito deu um lençol em Crispim, um belo drible em Titi e uma enfiada de três dedos para Vital conseguir se livrar da marcação de Pikachu e bater de esquerda, com força, exigindo intervenção decisiva do goleiro do Fortaleza.

Fortaleza perde chance, e Corinthians responde

O Fortaleza voltou sem o goleiro Felipe Alves, substituído por Marcelo Boeck, e ligado para a segunda etapa. Logo aos 7 minutos, perdeu chance cara a cara com Cássio. Benevenuto encontrou Robson na entrada da área, que enfiou para David, que, ao dominar, foi atrapalhado por Fagner e desperdiçou a chance.

Cinco minutos depois, foi a vez de Gustavo Silva chegar na cara de Boeck e, em vez de bater a gol, tentar um passe para Jô, cortado para escanteio.

Corinthians cresce e começa a incomodar o time da casa

Aproveitando-se de um certo cansaço do Fortaleza, o Corinthians cresceu a partir dos 10 minutos do 2º tempo e começou a chegar com perigo. Gustavo Silva e Jô tiveram boas chances de empatar até os 30 da segunda etapa. Com trocas de passe inteligentes, os paulistas foram envolvendo os tricolores, que se retraíram. Mas o gol não saía.

Árbitro complica vida do Fortaleza, que se segura

O time da casa queria fazer duas alterações, aos 32, em sua terceira é última parada para substituição na partida. Mas alegando cera, o árbitro Caio Max Viana não permitiu que Igor entrasse, expulsou o auxiliar Gastón Liendo do Fortaleza e amarelou o zagueiro reserva Jackson. Na reta final, o Fortaleza soube contar o Corinthians e, na base da inteligência e malandragem, garantiu a vitória.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 1x0 CORINTHIANS

Local: Arena Castelão
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Gols: Robson (FOR)
Cartões Amarelos: Jackson, Lucas Crispim e Felipe (FOR); Gil e Cantillo (COR)
Cartão Vermelho: Gastón Liendo (Assistente) (FOR)

Fortaleza: Felipe Alves (Marcelo Boeck); Tinga, Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Ronald, Felipe, Matheus Vargas (Osvaldo) e Lucas Crispim; Robson e David. Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Corinthians: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Cantillo (Araos) e Vitinho (Roni); Gustavo Silva (Marquinhos) e Mateus Vital (Luan) ; Jô (Felipe Augusto) . Técnico: Sylvinho