PUBLICIDADE
Topo

Esporte


João Félix explica: camisa 7 do Atlético de Madri foi apenas sua 3ª escolha

Atacante português veste a 7, mas tentou antes a 79 e a 10 - REUTERS/Juan Medina
Atacante português veste a 7, mas tentou antes a 79 e a 10 Imagem: REUTERS/Juan Medina

Do UOL, em São Paulo

08/02/2020 12h57

Contratado pelo Atlético de Madri junto ao Benfica em 2019, o atacante português João Félix chegou ao novo clube vestindo a camisa 7. Mas a numeração em suas costas poderia ser bem diferente.

Em entrevista ao canal de TV por assinatura Eleven Sports, o português explicou quais eram suas preferências anteriores.

"Eu queria a 79, mas não me deixaram aqui", disse.

O número era vestido por ele no time B do Benfica e foi mantido quando o clube o promoveu à equipe principal na temporada 2018/2019. No entanto, a liga espanhola determina que os times principais numerem seus jogadores do 1 ao 25.

"Então eu quis a 10, mas ele já estava ocupado (pertence ao atacante argentino Ángel Correa). Terminei com a 7", completou.

Ao canal, João Félix ainda elogiou o técnico Diego Simeone, com quem trabalha desde que chegou ao Atlético de Madri.

"Todos os treinadores me ensinaram coisas diferentes e todos foram muito importantes para meu crescimento. Em questões mais defensivas, Simeone me ajudou muito", analisou o português, já de olho também no duelo contra o Liverpool pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, no dia 18.

"Vai ser muito difícil. Eles estão em excelente forma e são os defensores do título. Vai ser difícil como todas as partidas da Champions", avaliou.

Esporte