Topo

Esporte


Apadrinhado, Mario Gobbi diz que Andrés será o primeiro a pisar no Itaquerão

Lucas Tieppo

Do UOL, em São Paulo

11/02/2012 19h32

Mario Gobbi, novo presidente do Corinthians, não faz questão nenhuma de esconder a gratidão a Andrés Sanchez, seu antecessor e padrinho político. Além de falar em uma ligação “umbilical”, ele promete que o atual diretor de seleções da CBF será o primeiro a pisar no Itaquerão, estádio alvinegro que deve ser entregue na sua gestão.

“Ele está saindo com aprovação de 92% dos sócios do Corinthians. Ele começou o estádio, vai nos ajudar muito a conduzir o processo. Quem pisará primeiro no estádio inaugurado será o presidente Andrés, e todos nós depois. É uma questão de justiça pelo que ele fez”, disse o novo mandatário alvinegro, em sua primeira entrevista coletiva no cargo. 

JUCA OPINA SOBRE AS ELEIÇÕES

"Novo presidente terá de se livrar de notórios bicheiros que o apoiaram".
Leia mais

O apoio de Andrés foi crucial para a ascensão de Gobbi ao poder. Visto com desconfiança desde que lançou sua candidatura, ele só deslanchou na reta final do pleito, muito por conta da relação com o ex-presidente. Uma vez eleito, o delegado não cansou de citar o antecessor, sempre exaltando pontos positivos de sua gestão. 

COMENTARISTA NETO VIRA CONSELHEIRO DO CLUBE

Andrés, por sua vez, foi discreto. Após o anúncio da vitória da chapa da situação, o cartola deixou o Parque São Jorge sem falar com a imprensa e deixou os holofotes para o sucessor. Questionado sobre o futuro do Corinthians Gobbi manteve o discurso do padrinho até na maneira de tratar a Libertadores, grande sonho da torcida. 

"A Libertadores é muito pequena perto do Corinthians, que é infinitamente maior. Isso não quer dizer que não queremos, mas esta não é a razão da vida do clube. O Corinthians é maior que a Libertadores", disse Gobbi. 

Neste ano, o clube vai viver a pressão novamente. Na próxima quarta, os comandados de Tite estreiam na competição contra o Deportivo Táchira, fora de casa. 

Esporte