PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

SPFC envia contrato de patrocínio master sem valores para conselho aprovar

Denilson com a nova camisa do São Paulo após o anúncio de novo patrocinador - Divulgação
Denilson com a nova camisa do São Paulo após o anúncio de novo patrocinador Imagem: Divulgação

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

13/08/2021 04h00

O Conselho Deliberativo do São Paulo marcou para a próxima segunda-feira (16) a reunião que votará a aprovação de três acordos de patrocínio fechados pela gestão Julio Casares: ABC da Construção, DRY Company e Sportsbet.io, esse último, o novo patrocinador máster. Os conselheiros receberam os contratos para analisarem antes da votação, mas apenas o da Sportsbet.io não constava o valor que foi pago pela empresa para ocupar o espaço nobre da camisa são-paulina.

Os conselheiros que desejarem ter mais informações sobre o acordo precisam solicitar uma reunião com Eduardo Toni, diretor de marketing do São Paulo. O estatuto do São Paulo exige que contratos com valores acima de R$ 1,5 milhão sejam aprovados pelo Conselho Deliberativo. O valor do acordo com o Sportsbet.io segue em sigilo desde a época do anúncio da parceria. Em entrevista coletiva, Toni afirmou que se tratava do maior patrocínio da história do São Paulo. Para isso, a quantia anual teria que superar os R$ 62 milhões, valor corrigido pelo IGP-M, do acordo com o Banco BMG, feito em 2010. O UOL Esporte apurou que o acordo com o Sportsbet.io foi fechado por cerca de R$ 100 milhões por três anos, o que daria por volta de R$ 33 milhões anuais. (Por Brunno Carvalho)

Caboclo é ouvido em órgão da CBF e indica mudança de postura

Na terça-feira, o presidente afastado da CBF Rogério Caboclo foi ouvido pela Câmara de Julgamento da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro em uma sessão virtual. O fato de ter prestado depoimento indica uma mudança de postura de Caboclo em relação à comissão, que julga as acusações de assédio. Quando o caso ainda estava na Câmara de Investigação, o dirigente seria ouvido na sede da CBF, mas cancelou no dia, dizendo que a Comissão de Ética era um "tribunal de exceção". Vale lembrar que a defesa de Caboclo no âmbito desportivo mudou definitivamente de mãos: saiu o advogado Wladimyr Camargos e entrou Marcelo Jucá. (Por Igor Siqueira)

Savério Orlandi é cotado para enfrentar Leila Pereira na eleição do Palmeiras

Deve ser sacramentada na segunda-feira (16) a candidatura de Leila Pereira à presidência do Palmeiras. A empresária, que é proprietária e presidente da Crefisa, patrocinadora do clube, será a candidata da situação no pleito. O anúncio, no entanto, não deve precipitar a escolha do candidato de oposição a ela. Diversos grupos políticos no Palmeiras tentam chegar a um nome de consenso. O advogado Savério Orlandi, 50, diretor de futebol nas gestão de Luiz Gonzaga Belluzzo e Affonso Della Monica (2007 a 2010), é um dos postulantes que já manifestaram interesse em concorrer e está bem cotado nas alamedas alviverdes. Mas os grupos ligados ao ex-presidentes Paulo Nobre e Mustafá Contursi articulam outras possibilidades. O suplente de senador pelo Espírito Santos Luiz Pastore (MDB) chegou a ter seu nome anunciado, mas recuou diante da falta de consenso. (Por Diego Lima Iwata)

Grêmio tentou meia do Hellas Verona antes de fechar com capitão do Cerro Porteño

Antes de Mathias Villasanti, do Cerro Porteño, o Grêmio tentou dois negócios na Itália. O primeiro foi com Hernani, ex-Athletico-PR e que trocou o Parma pelo Genoa. O segundo se trata de Daniel Bessa, atualmente no Hellas Verona. O paulistano de 28 anos, emprestado ao Goiás em 2020, tem no currículo passagens pela Inter de Milão, Coritiba, Athletico-PR e Genoa. Os dirigentes gremistas identificaram o jogador como boa alternativa para renovar o meio-campo do time. No fim, sem acordo, a tratativa foi encerrada durante a viagem de um emissário à Europa. (Por Jeremias Wernek)