PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Neymar corta "festão" de aniversário na França por foco em campo com PSG

Festa temática de aniversário de Neymar em 2019, em Paris (França), foi promovida por patrocinadores individuais do atacante do PSG - Divulgação
Festa temática de aniversário de Neymar em 2019, em Paris (França), foi promovida por patrocinadores individuais do atacante do PSG
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/01/2020 04h00

Neymar não quer saber de grandes festas. Ao menos por enquanto. Ao menos no seu aniversário - no início de fevereiro. Diferente dos últimos anos, quando patrocinadores individuais do atleta bancaram eventos de grande porte em Paris (França) para celebrar a data com centenas de pessoas, em 2020 a comemoração será mais discreta. Por conta de críticas em outras oportunidades anteriores e em busca de um foco maior no desempenho em campo, o craque do Paris Saint-Germain informou a estafe e parceiros comerciais que não irá repetir as festanças "bancadas" e marcadas em agenda de outrora.

No início do próximo mês, quando Neymar completará 28 anos, os "parças" e alguns outros amigos mais próximos devem embarcar para a capital francesa. Mas a celebração não terá o porte de outros tempos e será ainda mais reservada e contida. A ideia é uma balada na capital francesa com amigos, familiares e elenco do PSG. Já no último réveillon, quando o craque foi para o litoral da Bahia, o volume de convidados fora reduzido. De acordo com pessoas envolvidas na logística da virada do ano, o estafe do atleta "marca em cima" para que o ritmo fora de campo seja reduzido. Vivendo sua melhor sequência em campo pelo PSG, Neymar tem o desafio de manter o alto nível para os jogos decisivos do mata-mata da Liga dos Campeões - em março - e, enfim, conduzir a equipe ao sonhado título continental europeu. (Por João Henrique Marques e Pedro Ivo Almeida)

São Paulo terá preferência de compra por dois jogadores do Cruzeiro

O São Paulo está perto de concluir o empréstimo de Everton Felipe para o Cruzeiro. A cessão deve ser de um ano, com quase todo o salário pago pelo time mineiro — a parte que ficar com o Tricolor tende a ser menor do que R$ 30 mil. A contrapartida da Raposa pelo negócio é dar aos são-paulinos a preferência de compra sobre dois garotos da base. Na prática, isso só dá ao São Paulo o direito de tentar cobrir eventuais ofertas que o Cruzeiro receber por esses atletas, que ainda não foram definidos. (Por Bruno Grossi)

Venda de ingressos volta a dar problema no São Paulo, mas tema é tabu

Torcedores do São Paulo têm feito muitas reclamações sobre o processo de compra dos pacotes de ingressos para os jogos em casa no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores da América. Há problemas no registro do número de sócio-torcedor e para concluir as compras no site da Total Acesso, alvo de críticas da torcida há anos. Na estreia do time no Paulistão, a maioria dos donos de pacotes ainda sofreu com uma falha no sistema de validação da compra nas catracas. Alguns acabaram entrando no Morumbi com a partida já em andamento. Os problemas fizeram subir a pressão sobre a parceria com a Total Acesso. Conselheiros e dirigentes que já questionaram o assunto internamente, no entanto, nunca tiveram resposta. O tema é tratado como um tabu no clube. (Por Bruno Grossi)

Ex-chefe de fisioterapeuta do Palmeiras vai à China tentar "salvar" Goulart

Jomar Ottoni, ex-chefe da fisioterapia do Palmeiras, acertou o seu novo trabalho. Depois de pedir demissão do Alviverde, ele assinou um contrato de um ano com Ricardo Goulart, que está no Guangzhou Evergrande, na China. A missão dele é de fazer o atleta voltar a jogar. Com problemas no joelho, o meia-atacante não conseguiu entrar em campo desde a sua saída da Academia de Futebol. Seu último jogo foi disputado em abril de 2019, ou seja, são nove meses sem atuar. Os dois tiveram um bom relacionamento nos tempos em que trabalharam no Palmeiras. Ottoni foi responsável pela recuperação do atleta quando ele se machucou atuando pelo time paulista. (Por Danilo Lavieri)

Grêmio faz acordo e aumenta percentual de possível venda de Everton

O Grêmio aumentou o percentual a que terá direito em caso de transferência de Everton Cebolinha. Desde agosto, o clube possui aval para receber 65% dos milhões que forem pagos por qualquer clube no camisa 11. O fato deve facilitar eventual acerto com equipe interessada. O Grêmio, no contrato após renovação, tinha 50% dos direitos econômicos. Celso Rigo, investidor, 10%; Fortaleza outros 10% e outros 30% são do próprio jogador e estafe. (Por Jeremias Wernek)

Palmeiras já projeta retorno de Vitor Hugo na próxima semana

Embora conte com Felipe Melo como titular da zaga, o Palmeiras vai novamente ter um antigo nome fundamental da defesa à disposição muito em breve. Em fase final da sua própria pré-temporada, Vitor Hugo tem mais uma semana de trabalho segundo o planejamento do clube e estará livre para treinar no dia a dia com o restante dos jogadores. A precaução deve-se ao processo cirúrgico nas férias, que atrasou a preparação do camisa 4 para este início de Paulistão. (Por José Edgar de Matos)

Copinha: Camisa 10 do Inter quase foi parar no Grêmio em 2020

Artilheiro do Internacional na Copa São Paulo, Cesinha quase trocou de lado em Porto Alegre. O meia, no estádio Beira-Rio por empréstimo do Três Passos-RS, andou nos planos do Grêmio no final de 2019. O fim do contrato e oscilação deixaram o camisa 10 com futuro incerto e aí surgiu interesse do rival. Aos 19 anos, Cesinha chegou ao Inter depois de brilhar em torneios pelo interior do Rio Grande do Sul. No clube colorado, o rendimento caiu e a saída do Beira-Rio chegou a ser provável. Neste sábado, ele será titular na decisão da Copinha contra o próprio Grêmio. Depois, tem grandes chances de ser promovido ao elenco principal. (Por Jeremias Wernek)

Vitrine de brasileiros na Europa capta meia na Copinha

Atualmente com 13 brasileiros no elenco, sendo um deles Bruno Tabata (da seleção sub-23), o Portimonense receberá na próxima terça-feira (28) mais um reforço do país. O clube português fez observações durante a Copa São Paulo de Futebol Júnior e acertou a contratação por empréstimo com opção de compra do meia Bajé, de 18 anos. Ele defendeu o modesto Tanabi em quatro jogos da Copinha e fez dois bonitos gols. É a primeira negociação internacional da história do Tanabi, que não disputava competições profissionais desde 2016, mas no passado revelou Luan, hoje no Corinthians, e teve Cabañas, Edilson e Túlio Maravilha. O Portimonense superou clubes como Santos, Grêmio e Atlético-MG na busca por Bajé. (Por Gabriel Carneiro)

Parceiro em antigos reforços, banco se distancia do Atlético-MG

A relação entre Atlético-MG e Banco BMG não é mais a mesma. Parceira em contratações antigas, como as compras de Yimmi Chará e Igor Rabello, e patrocinadora máster do clube, a instituição financeira deixou de auxiliar em contratações. No mercado da bola 2020, não houve contribuição da empresa nas aquisições do Galo. O distanciamento fez com que o BMG ficasse mais próximo do Corinthians, clube que também tem patrocínio máster da empresa. A MRV Engenharia é quem financia os reforços atleticanos neste momento. Foi a empresa que desembolsou o valor pela contratação de Allan, que pertencia ao Liverpool, e se mostrou disposta a ajudar em um eventual acordo com Jorge Sampaoli. Não à toa a reunião com o argentino ocorreu na sede da empreiteira. (Por Thiago Fernandes)

Conselheiro do Vasco agride ex-integrante de grupo político no Maracanã

Um conselheiro do Vasco de oposição ao presidente Alexandre Campello agrediu um ex-integrante de um grupo político que apoia o mandatário no clássico entre o Cruzmaltino e o Flamengo, na última quarta-feira (22), no Maracanã. O episódio aconteceu na bilheteria do lado de fora do estádio, antes de a bola rolar, e a Guarda Municipal chegou pouco depois disposta a levar o caso ao Juizado Especial Criminal (Jecrim). Porém, por falta de testemunhas, o assunto não foi levado à frente. A coluna ouviu o agredido, que ainda estuda as medidas que tomará. (Por Bruno Braz)

Mais Vasco: Grupo pró-Campello racha e deve formar chapa com dissidentes

A Cruzada Vascaína, grupo que apoiou a gestão de Alexandre Campello entre 2018 e 2019, rachou. Após João Marcos Amorim (ex-vice de finanças) e Horácio Junior (ex-assessor da presidência) renunciarem aos seus respectivos cargos na diretoria, eles deixaram também o grupo político por não concordarem com a continuidade do apoio ao mandatário. Com eles, carregaram pelo menos mais seis integrantes, que devem se unir ao "Desenvolve Vasco" - do ex-vice de controladoria Adriano Mendes - na formação de uma chapa para a eleição do clube no fim deste ano. (Por Bruno Braz)

Fla e Athletico usarão patch especial nas camisas na Supercopa do Brasil

Participantes da primeira edição da Supercopa do Brasil, Flamengo e Athletico usarão um patch em suas camisas no duelo do dia 16 de fevereiro, no Mané Garrincha. O emblema da competição estará entre o escudo e a marca das fornecedoras. O logotipo elaborado traz os contornos do troféu que será disputado pelos campeões do Brasileiro e da Copa do Brasil, e terá as cores azul e amarelo como predominantes. Além da taça, o clube vitorioso levará R$ 5 milhões para casa. (Por Leo Burlá)

Fla apresentará Pedro, Michael e Thiago Mais no Maracanã

O Flamengo acerta as últimas pontas para apresentar Pedro, Michael e Thiago Maia para a torcida amanhã (25), quando o time encara o Volta Redonda, 18h, no Maracanã. A questão já está alinhada nos departamentos do clube, mas há a necessidade do aval da Ferj, o que deverá ocorrer sem problema. O trio deve entrar em campo antes de a bola rolar. Michael e Maia assistiram em um camarote do estádio o jogo diante do Vasco, mas Pedro ainda não viu o Fla mais de perto desde que desembarcou. O ex-Goiás começou sua caminhada no clube no dia 16, mas só foi apresentado cinco dias depois. O Fla aguardou que todos eles fossem anunciados e apresentados para que fossem ao gramado ter esse primeiro contato com a arquibancada. (Por Leo Burlá)