PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Nenê aceita redução e acerta salário com São Paulo: menos de R$ 300 mil

Nenê comemora seu gol de pênalti diante da Cabofriense, na última quarta; jogador negocia com o São Paulo - Paulo Fernandes / Flickr do Vasco
Nenê comemora seu gol de pênalti diante da Cabofriense, na última quarta; jogador negocia com o São Paulo
Imagem: Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

Do UOL, em São Paulo

25/01/2018 00h19

O São Paulo está perto de fechar a contratação do meia-atacante Nenê, do Vasco da Gama, e já definiu as bases salariais com o provável reforço. No time carioca, o atleta de 36 anos recebe na faixa de R$ 400 mil mensais, mas se mostrou disposto a reduzir os valores e receberá menos de R$ 300 mil no Morumbi.

Isso, inclusive, é um dos fatores que pesam para o Tricolor ter se mostrado tão disposto a contratá-lo. O outro motivo que atraiu os paulistas é a iminente saída sem custos do Vasco, que tem pendências financeiras com o veterano. Os clubes devem acelerar as conversas nas próximas horas, enquanto o tempo de contrato no Morumbi ainda é discutido com Nenê. (Por Bruno Grossi)

Sem vaga para estrangeiros, Valencia aborta Lucas Moura

De olho em uma transferência para o futebol espanhol, representantes do atacante Lucas Moura se reuniram, nas últimas horas, com o Valencia. A possibilidade de um negócio, porém, rapidamente foi abortada diante da falta de espaço para jogadores extra-comunitários no elenco, já que Lucas não possui cidadania europeia.
 

Atualmente, três “estrangeiros” são permitidos em cada equipe no futebol espanhol. O Valencia possui quatro brasileiros, mas três deles possuem cidadania europeia – Rodrigo Moreno (espanhol), Andreas Pereira (belga) e o goleiro Neto (italiano). A lista fica completa por Gabriel Paulista. (Por Dassler Marques)

Banco BMG fala em comprar Vitória de Guimarães

O Banco BMG fala em aumentar o investimento em futebol e cogita ter mais uma equipe. Segundo Hissa Elias Moysés, diretor esportivo do banco, o Vitória de Guimarães, de Portugal, pode ser adquirido pela instituição financeira em breve. Flávio Guimarães, filho de Ricardo Guimarães, dono da companhia, seria o responsável por gerenciar o futebol do time europeu. Hoje o BMG já conta com o Coimbra, do interior de Minas Gerais, para investir no futebol. O clube, fundado em 2006, é o alicerce da empresa na captação de atletas e na aquisição de jogadores. (Por Thiago Fernandes)

Apesar de especulações, Pato avisa que seguirá na China

Fora da pré-lista do Tianjin Quanjian para a Liga dos Campeões da Ásia, o atacante Alexandre Pato avisou a pessoas próximas que não tem nenhuma discussão para transferência em curso. Apesar da mudança recente de treinadores – o português Paulo Sousa assumiu o lugar de Fabio Cannavaro, novo comandante do Guangzhou -, Pato deve seguir no Quanjian. O próprio Sousa, em entrevistas, indicou que ele deve se juntar à lista definitiva do torneio. Nos últimos meses, o atacante brasileiro recebeu sondagens de equipes da Itália, mas nenhuma proposta avançou para que ele deixasse a China. O São Paulo também sonhou com um retorno, mas não abriu negociações. Na última edição da Superliga Chinesa, ele anotou 15 gols. (Por Dassler Marques)

Paraná sonda Corinthians por Moisés e Jean

Depois de procurar o Corinthians no fim de 2017 pelos volantes Marciel e Mantuan, o Paraná voltou a fazer contatos com o gerente de futebol Alessandro Nunes interessado em empréstimos. Os nomes pedidos foram o lateral Moisés e o volante Jean, mas inicialmente as transferências não devem avançar. Ambos estão fora dos planos de Fábio Carille para a temporada. Ex-jogador do Paraná, Jean acredita que possa atuar por uma grande equipe em 2018 depois de jogar pelo Vasco no ano passado. O volante também considera a hipótese de uma mudança para o exterior. Já Moisés, depois de recusar o Bahia recentemente, ainda aguarda movimentações de mercado para definir seu destino. (Por Dassler Marques)

Grêmio compra 15% de volante sensação do time de transição

Matheus Henrique, autor de dois gols nos dois primeiros jogos do Gauchão, já tem vínculo com o Grêmio. No fim de 2017, o clube gaúcho comprou 15% dos direitos econômicos do jogador. Ex-atacante nos times das categorias de base, ele vem atuando como meia e até volante. Ele roubou a cena no time de transição pela comparação com Arthur, cara nova do Tricolor ano passado. Emprestado pelo São Caetano até o fim de 2018, Matheus já havia passado pela base do Grêmio. Foi essa primeira vez em Porto Alegre que ajudou no retorno dele em 2017. Depois de mostrar bom futebol ao longo da última temporada, ele renovou o empréstimo. O plano do clube gaúcho é adquirir pelo menos mais 35% do atleta até o fim desta temporada. (Por Jeremias Werneck)