PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Inter vence Náutico em jogo com troca de camisas e volta a ser líder

Leandro Damião marcou o gol que levou o Inter aos 48 pontos e de volta à liderança - CHICO PEIXOTO/LEIAJÁIMAGENS/ESTADÃO CONTEÚDO
Leandro Damião marcou o gol que levou o Inter aos 48 pontos e de volta à liderança Imagem: CHICO PEIXOTO/LEIAJÁIMAGENS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Porto Alegre

23/09/2017 18h26

O Internacional retomou a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (23), o Colorado venceu o Náutico fora de casa, em jogo disputado no estádio Lacerdão, com um gol de Leandro Damião. A vitória poderia até ter sido maior não fosse a falta de pontaria do time, que cresceu no segundo tempo e superou o gramado ruim em Caruaru.

Pouco antes da bola rolar, a equipe gaúcha foi obrigada a trocar de camisa pela semelhança com uniforme dos mandantes. A semelhança só foi notada pela arbitragem na hora do hino nacional.

A liderança volta aos braços do Inter por conta do número de vitórias. Com 48 pontos, o Internacional supera o América-MG por ter vencido 14 jogos na segunda divisão. Os dois clubes se enfrentam na próxima quarta-feira, em Porto Alegre, em jogo válido pela 26ª rodada.

O Náutico, por sua vez, segue estacionado na zona de rebaixamento com 20 pontos. À frente somente do ABC, que perdeu para o Figueirense em Florianópolis e continua na lanterna.

Quem foi bem: Edenilson

Volante foi dominante no setor e ainda colaborou muito ofensivamente. Deu a assistência para o gol de Leandro Damião e manteve o nível da atuação até o apito final. Foi o condutor de um time melhor tecnicamente, mas que padeceu pelo gramado ruim e própria oscilação.

Quem decepcionou: Alemão

Lateral direito voltou a ser titular após quatro meses, no lugar do lesionado Cláudio Winck, e fez primeiro tempo fraco. Foi facilmente acossado pelos adversários até o intervalo. Na etapa final, até por conta da postura do Inter, foi menos pressionado.

Personagem: Leandro Damião

Centroavante marcou o gol do jogo e chegou a cinco bolas na rede na atual passagem pelo Internacional. Antes de converter, tentou bicicleta e finalizações de fora da área. No total, Leandro Damião tem 94 gols pelo Colorado.

Troca de camisa em cima da hora

Jogadores do Internacional tiveram que trocar de camisa antes do jogo contra o Náutico - MARLON COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - MARLON COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: MARLON COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Antes da bola rolar o Internacional foi obrigado a mudar de roupa. Por conta da grande semelhança entre o número principal do Náutico e a camisa reserva do Colorado, o time de Guto Ferreira voltou às pressas para o vestiário. Lá, os 11 jogadores vestiram a camisa vermelha. A mudança gerou uma cena atípica no campo. Os reservas trocaram de camisa no banco mesmo.

Confusão na rua, policial ferido e 38 detidos

Torcedores de Náutico e Internacional protagonizaram uma briga generalizada no entorno do estádio em Caruaru. Segundo a Polícia Militar de Pernambuco, 38 pessoas foram detidas após arremesso de pedras, paus e uso de rojão. Um dos artefatos explosivos atingiu um sargento do batalhão de choque no peito. O policial foi levado a um hospital local para receber atendimento.

Inter oscila e vence com bola aérea

O Inter fez um jogo irregular, mas suficiente para vencer. O gramado afetou a atuação, aumentando erros individuais e gerando espaços diante de um adversário frágil. Mesmo com altos e baixos, oscilando entre domínio e falhas circunstanciais, o Colorado sempre esteve perto da vitória. Ainda no primeiro tempo, acertou a trave com Victor Cuesta e teve duas boas chances com Damião e Edenilson.

Na etapa final o caminho deixou de ser o chão e passou a ser o ar. Por cima a vitória chegou e em cinco minutos. Edenilson levantou para área desde a intermediária e Damião cabeceou de dentro da pequena área. Gol e a senha para um domínio ainda maior – em reflexo aos espaços deixados pelo Náutico atrás do empate.

Náutico cria pouco

O time de Roberto Fernandes produziu muito pouco ofensivamente, mas em vários momentos trocou golpes francos com o Inter. Ainda assim, o Náutico só chegou perto do gol de Danilo Fernandes quando houve falha individual do sistema defensivo do Colorado. Na defesa, o Timbu vacilou especialmente nos confrontos com Damião.

Guto põe chileno na vaga de D'Alessandro

Sem D'Alessandro, suspenso, Guto Ferreira escalou Felipe Gutiérrez para ter mais controle do meio-campo. O Inter não foi todo ataque desde o início e esperou o Náutico se jogar. O treinador foi obrigado a fazer a primeira troca aos 35 minutos do primeiro tempo por lesão: Ernando saiu para entrada de Danilo Silva. A segunda substituição ocorreu aos 29 da etapa final, quando Gutiérrez deu lugar a Camilo. Por fim, Nico López foi a campo quando Eduardo Sasha saiu.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 0 X 1 INTERNACIONAL

Data e hora: 23/09/2017 (Sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Lacerdão, em Caruaru (PE)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Alessandro Rocha Matos e Elicarlos de Oliveira (ambos baianos)
Cartões amarelos: Aislan (NAU); Felipe Gutiérrez (INT)
Gol: Leandro Damião, aos 5 minutos do segundo tempo (INT)

NÁUTICO: Jefferson; Sueliton, Breno Calixto (Felipe Gabriel), Aislan e Manoel; Amaral, Miranda (William Schuster), Dico (Gilmar), Giovanni e Iago; Rafael Oliveira
Técnico: Roberto Fernandes

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Alemão, Ernando (Danilo Silva), Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, Felipe Gutiérrez (Camilo), William Pottker e Eduardo Sasha (Nico López); Leandro Damião
Técnico: Guto Ferreira

Esporte