PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"A responsabilidade sempre cai nas costas do técnico", diz Jair após empate

Siga o UOL Esporte no

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

25/11/2018 22h30

O técnico Jair Ventura voltou a falar na noite deste domingo, depois do empate sem gol com a Chapecoense em Itaquera, sobre a situação no comando do time alvinegro. O treinador afirmou que a diretoria não o avisou sobre um eventual rompimento de contrato e frisou que a responsabilidade sempre cai na conta do comandante da equipe.

"A responsabilidade sempre cai nas costas do treinador e estou preparado. Quando as coisas estavam boas, falei a mesma coisa. O mesmo cara que levou o time à final da Copa do Brasil continua [com o mesmo discurso]. Não vou mudar com vocês", disse Jair.

O treinador, que soma 18 jogos no Corinthians e tem aproveitamento de apenas 33%, falou ainda sobre as especulações sobre um possível retorno de Fábio Carille ao clube.

"É o que o Corinthians disse na nota oficial. O que está para fora está para dentro. Essa situação não depende de mim, depende da direção. Aquilo que falaram para vocês falaram para a gente. A gente segue trabalhando. Não sou eu que vou definir, deixo para os responsáveis avaliarem", afirmou o treinador, que evitou comentar o próprio trabalho mesmo questionado sobre isso.

No empate com a Chapecoense, o Corinthians voltou a encontrar dificuldades no ataque e pouco assustou o time catarinense. Jair admitiu a falha e lamentou a pouca efetividade da equipe.

Com o empate, o Corinthians escapou matematicamente do rebaixamento. O time soma 44 pontos no Brasileirão e ocupa a 12ª posição.

O time do técnico Jair Ventura só pode ser ultrapassado por mais quatro times até o fim do campeonato - no pior cenário, terminaria em 16º lugar (isso porque Ceará e Vasco se enfrentam na última rodada). O Corinthians volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Grêmio em Porto Alegre, na despedida do Brasileirão 2018. 

Esporte