PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Palmeiras tem 10 pendurados, um suspenso e DM vazio para enfrentar o Paraná

Lucas Lima é um dos dez jogadores do Palmeiras pendurados - Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Lucas Lima é um dos dez jogadores do Palmeiras pendurados Imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

17/11/2018 04h00

O Palmeiras vai enfrentar o Paraná neste domingo (18), às 17h (de Brasília), em Londrina, pelo Campeonato Brasileiro, com dez jogadores pendurados e um desfalque por suspensão. A boa notícia é que o departamento médico do clube está vazio e o técnico Luiz Felipe Scolari ainda terá a volta de Deyverson, que ficou fora da última rodada contra o Fluminense por estar suspenso.

Por sua vez, os meias Moisés e Hyoran, que sofreram com problemas físicos nos últimos dias, foram liberados pelo departamento médico, participaram normalmente do aquecimento com bola com o time na última sexta-feira (16) e devem estar à disposição de Felipão para o jogo.

Provável escalação

Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Bruno Henrique e Felipe Melo; Willian, Lucas Lima (Moisés) e Dudu; Deyverson

Principais dúvidas

A maior dúvida é na armação: Lucas Lima jogou contra o Fluminense e teoricamente poderia descansar nesta rodada, mas Moisés se recuperou recentemente de lesão e pode começar no banco. Na lateral direita, deve jogar Marcos Rocha, mas Jean é uma possibilidade.

Suspensos

O zagueiro Luan é o único suspenso após tomar tomar o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Fluminense.

Lesionados

O Palmeiras está com o departamento médico vazio. Hyoran e Moisés eram os últimos lesionados, mas já voltaram a trabalhar com bola.

Pendurados

Os dez pendurados alviverdes com dois cartões amarelos são Jailson, Edu Dracena, Antônio Carlos, Marcos Rocha, Diogo Barbosa, Thiago Santos, Lucas Lima, Hyoran, Gustavo Scarpa e Willian.

Retrospecto entre os times

No último encontro entre as equipes, no primeiro turno, o Palmeiras venceu por 3 a 0, comandado pelo técnico interino Wesley Carvalho, pouco antes de Felipão assumir o time. Na história do Campeonato Brasileiro, os times se enfrentaram 19 vezes, com 12 vitórias palmeirenses, cinco paranistas e dois empates.

Esporte