PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hernanes brilha e SP bate Santos com golaços no Pacaembu

Alison, do Santos, comemora gol contra São Paulo - Daniel Vorley/AGIF - Daniel Vorley/AGIF
Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

28/10/2017 18h55

O São Paulo contou com uma grande atuação de Hernanes para vencer o clássico contra o Santos, neste sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Ele deu duas assistências e fez outras belas jogadas na vitória por 2 a 1. Todos gols do clássico foram bonitos, inclusive o único do Peixe, marcado por Alison.

O clássico começou com marcação forte e muitos erros dos dois times no meio-campo. Mas Hernanes deu belas assistências para os gols de Marcos Guilherme e Cueva. O Santos sentiu a pressão e por pouco não sofreu outro gol de Cueva na sequência. Mas Alison, em um chute de rara felicidade, fez gol aos 33min e deu um ânimo novo para o Santos.

Após esse 1º tempo agitado, o jogo ficou mais lento e sem emoções por mais de 20 minutos. Nas poucas chegadas ao ataque, Santos e São Paulo falharam nas finalizações. Na melhor chance do time tricolor, aos 32min, Hernanes deixou Petros na frente do gol, mas ele chutou na trave.

Com esse resultado, o São Paulo chegou a 40 pontos e se afastou da zona de rebaixamento. Provisoriamente está na 11ª posição. Já o Santos ficou com 53 e pode se complicar na luta pelo título, pois Corinthians e Palmeiras ainda jogarão nesta rodada.

Hernanes decisivo

O São Paulo aproveitou a má disposição tática do Santos, especialmente na ligação entre defesa e ataque, para dominar o jogo logo no seu início. Em cinco minutos, Hernanes deu duas assistências decisivas para que Marcos Guilherme e Cueva fizessem seus gols. O primeiro foi um golaço, com direito a bola de cobertura em Vanderlei.

Golaço de Alison

Dominado dentro de campo, o Santos se limitava a defender e tentar levar perigo em bola parada. Em um escanteio, a bola sobrou no alto e Alison acertou belíssimo chute de primeira sem deixar ela pingar. Sidão colocou a mão no joelho e só olhou a ela entrar.

Sustos do Sidão

O goleiro Sidão falhou na saída de bola em duas oportunidades no 2º tempo. Aos 4min, Ricardo Oliveira quase desarmou ele. Aos 29min, ele se atrapalhou com Arboleda e teve que chutar a bola para lateral. Parte da torcida pegou no pé do goleiro depois disso.

Duas vitórias consecutivas

O São Paulo estava sem vencer dois jogos seguidos desde a terceira rodada. Agora finalmente conseguiu um pequeno embalo, depois de bater Santos e Flamengo.

Dorival x Santos

Essa foi a primeira vez que o técnico Dorival Jr. enfrentou o Santos desde que foi demitido do time, em 4 de junho deste ano. Ele foi cumprimentado por todos santistas antes de o jogo começar.

Allison titular e Copete no banco

O técnico Levir Culpi apresentou uma surpresa na escalação: em vez de colocar Copete em campo, ele montou o Santos com três volantes - Alison, Matheus Jesus e Renato. O colombiano tem ótimo retrospecto em clássicos contra o São Paulo, mas foi justamente Alison que marcou desta vez.

Time da Baixada mantém silêncio

Assim como aconteceu durante o fim da semana, o time do Santos não falou com a imprensa. Os jogadores deixaram o Pacaembu sem responder a nenhuma pergunta da imprensa seja no campo ou depois, nos vestiários.

Torcida do São Paulo volta a dar show

O são-paulino não pode reclamar de sua torcida. Centenas de pessoas foram ao CT da equipe horas antes do jogo para acompanhar o trajeto da delegação até o Estádio do Pacaembu. Nas arquibancadas, mais um show. Mais de 30 mil pessoas cantaram o tempo inteiro e explodiram com cada gol.

Ministro é xingado no Pacaembu

Assistindo ao jogo entre São Paulo e Santos em um camarote no Estádio do Pacaembu neste sábado, Leco, o presidente tricolor, e Gilmar Mendes, ministro do STF (Superior Tribinal Federal), foram xingados pelos presentes nas arquibancadas numeradas. O ministro foi chamado de ladrão.

Suspensões

Matheus Jesus e Jean Mota levaram o terceiro cartão amarelo, ficarão suspensos e não poderão jogar na próxima partida do Santos, contra o Atlético-MG, em casa, no dia 

SÃO PAULO 2 x 1 SANTOS

Local: Estádio do Pacaembu
Data: 28/10/2017
Árbitro:  Anderson Daronco (Fifa-RS) 
Cartões amarelos: Matheus Jesus (SAN), Bruno Henrique (SAN), Jean Mota (SAN), Lucas Lima (SAN), Ricardo Oliveira (SAN), Serginho (SAN) e Jucilei (SÃO)
Gols: Marcos Guilherme, aos 16min do 1º tempo; Cueva, aos 21min do 1º tempo; Alison, aos 33min do 1º tempo.
Público pagante 34.461
Público total 40.004
Renda 954.807,00

SÃO PAULO
Sidão; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei; Cueva (Gomez), Petros, Hernanes e Marcos Guilherme; Pratto.
Técnico: Dorival Jr.

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alisson (Serginho), Renato e Matheus Jesus (Kayke); Lucas Lima (Copete); Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Técnico: Levir Culpi

Esporte