PUBLICIDADE
Topo

Esporte

No passo do Corinthians, Atlético-PR vai ao Rio para tentar volta ao G6

Atleticanos comemoram: arrancada com desempenho igual ao do líder Corinthians - Cleber Yamaguchi/AGIF
Atleticanos comemoram: arrancada com desempenho igual ao do líder Corinthians Imagem: Cleber Yamaguchi/AGIF

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

26/08/2017 12h24

Nem Grêmio, Santos ou Palmeiras: nas últimas oito rodadas, foi o Atlético Paranaense o único time a igualar a campanha do Corinthians, líder absoluto do Campeonato, 10 pontos acima do vice-líder. A série, que se iniciou em Itaquera contra o próprio Timão no empate em 2 a 2, rendeu 15 pontos ao Furacão, mesma pontuação corintiana, mas com uma vantagem de três gols marcados.

Obviamente o Brasileirão não conta apenas as últimas oito rodadas, mas a arrancada atleticana, com quatro vitórias, três empates e uma derrota, colocou o time na luta para voltar à Libertadores em 2018. Pela frente um adversário direto: o Flamengo, na Ilha do Urubu, domingo, 16h, com o time carioca escalando um time misto, o que é irrelevante para o técnico Fabiano Soares: "Aqui no Brasil os grandes clubes sempre tem 20, 22 jogadores de grande nível. O Flamengo colocando um time misto, logicamente que os jogadores que entrarem vão mostrar que podem jogar a final da Copa do Brasil, a Sul-Americana, vão dar a vida. Não vamos ter moleza". Em sétimo lugar com 30 pontos, mesma pontuação do sexto colocado Cruzeiro e com dois a menos que o próprio Flamengo, uma vitória devolve o Atlético ao grupo de classificação a Libertadores.

Soares foi uma das muitas mudanças que o clube fez enquanto se despedia da Libertadores. Além dele, chegaram jogadores como Fabrício, Pavez e Ribamar, que deve aparecer entre os titulares. Fabiano Soares tem escalado diversos jogadores, alternando a equipe jogo a jogo, conforme a gestão do futebol do clube prega. "Não é reservar (jogadores). É opção do jogo, ver qual formação é melhor para jogar contra o Flamengo", disse Soares. Com ele, o Atlético ainda não perdeu fora de casa. "O bom é que, quando não perde, fortalece as mensagens que tu dá para os jogadores. O torcedor pode esperar uma equipe com a cara do Atlético, uma equipe que joga fora de casa igual, para buscar os três pontos", afirmou o treinador.

A última equipe a bater o Furacão no Brasileiro foi a Ponte Preta, 0 a 2 na Arena da Baixada. Fora de casa, a campanha é a terceira melhor, atrás apenas de Corinthians e Grêmio. A equipe pontuou nos últimos cinco jogos longe de Curitiba, com duas vitórias e três empates. "O motivo principal é que estamos jogando como equipe, atacando e defendendo todos. A equipe está funcionando e espero que continue", avaliou Soares.

FLAMENGO X ATLÉTICO PARANAENSE

Data: 27 de agosto de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Motivo: 22ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

FLAMENGO:
Diego Alves; Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Willian Arão (Mancuello) e Everton Ribeiro; Geuvânio, Vinicius Júnior e Guerrero
Técnico: Reinaldo Rueda

ATLÉTICO-PR:
Weverton; Zé Ivaldo, Wanderson, Thiago Heleno (Paulo André) e Fabrício; Esteban Pavez, Matheus Rossetto (Lucho González) e Guilherme; Sidcley (Lucas Fernandes), Nikão e Ribamar.
Técnico: Fabiano Soares

Esporte