Topo

Fórmula 1


Fórmula 1

Emerson Fittipaldi lamenta morte de Lauda: "Gladiador"

Do UOL, em São Paulo

21/05/2019 10h04

A morte de Niki Lauda ontem (20) abalou o mundo do esporte. Na manhã de hoje (21), foi a vez de Emerson Fittipaldi lamentar a morte do ex-piloto de Fórmula 1. O brasileiro usou o seu perfil oficial no Instagram para fazer uma homenagem ao austríaco.

De acordo com Fittipaldi, Lauda foi uma inspiração e um "gladiador".

"Querido Niki, você tinha muito talento, duro nas disputas, mas sempre leal. Você, supercampeão, sua história inspirou minha família, meu filho Emmo, meus netos Pietro e Enzo. Você me inspirou quando, com tanta coragem e determinação, já voltou em Monza. Niki mais que campeão, você foi um GLADIADOR. Minhas sinceras condolências à toda sua família. Descanse em paz DEUS ABENÇOE", disse o brasileiro.

Lauda morreu nesta segunda-feira (20), aos 70 anos, em Viena. A informação foi publicada inicialmente pelo jornal "Die Presse" e confirmada pela conta oficial da McLaren no Twitter. O austríaco foi tricampeão da Fórmula 1, conquistando dois títulos pela Ferrari, em 1975 e 1977, e um pela McLaren, em 1984. Lauda também era presidente do Conselho de Supervisão da equipe da Mercedes na Fórmula 1 desde setembro de 2012.

Mais Fórmula 1