PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Vettel corre em casa, mas Hamilton quer tirar o "sorriso do rosto" do rival

Sebastian Vettel dá autógrafos no circuito de Monza - Scuderia Ferrari/Divulgação
Sebastian Vettel dá autógrafos no circuito de Monza Imagem: Scuderia Ferrari/Divulgação

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monza (ITA)

31/08/2017 13h19

Lewis Hamilton pode estar em pleno território ferrarista neste final de semana no GP da Itália, mas está determinado a tirar pela primeira vez no ano a liderança do campeonato de Sebastian Vettel. Para isso, o inglês precisa de uma vitória em Monza para não depender do resultado do alemão.

Perguntado se a torcida ferrarista poderia valer tanto quanto a força de seu carro, que deve ser superior no traçado de alta velocidade de Monza, inglês disse que essa seria a menor de suas preocupações

“Se fosse uma batalha em termos de quanto apoio temos, nao teria problemas. Tenho muito apoio, mesmo aqui na Itália. Neste final de semana, a grande meta é vencer e ir para a liderança. Ele está com aquele sorriso no rosto por todo o ano e estou determinado a mudar isso”, disse Hamilton, que está a sete pontos de Vettel.

O alemão, por sua vez, se mostra animado depois de ter seguido de perto Hamilton por todo o GP da Bélgica, disputado em outro circuito de alta velocidade, e lembra que a história foi bem diferente em Silverstone, quando a Mercedes dominou completamente.

“Acho que estávamos rápidos, particularmente na corrida, em um tipo de pista parecido, não tinha acontecido há algumas semanas”, lembrou Vettel, que está curioso para ver como a torcida italiana vai reagir ao ver um piloto da Ferrari chegando na liderança do campeonato em Monza pela primeira vez desde 2012.

“Vale alguma coisa. Amanhã vamos para a pista e veremos quantas pessoas vão aparecer mas acredito que vai aumentando ao longo do final de semana. É difícil quantificar, mas acho que faz diferença. Toda a equipe gosta desse GP e é muito bom fazer parte disso. Temos de nos certificar que vamos curtir.”

Confira os horários do GP da Itália

Sexta-feira
Treino livre 1: das 5h às 6h30
Treino livre 2: das 10h às 11h30

Sábado
Treino livre 3: das 6h às 7h
Classificação: 9h

Domingo: 9h
 

Fórmula 1