PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Ferrari confirma renovação de contrato de Raikkonen por um ano

Kimi Raikkonen, da Ferrari, durante o fim de semana do GP do Azerbaijão - Mark Thompson/Getty Images
Kimi Raikkonen, da Ferrari, durante o fim de semana do GP do Azerbaijão Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

22/08/2017 07h39

A Ferrari anunciou na manhã desta terça-feira a renovação do contrato de Kimi Raikkonen por mais um ano. O finlandês, que está em sua segunda passagem pela Scuderia, à qual voltou em 2014, é o piloto mais velho do grid e vai completar 38 anos no próximo mês de outubro.

Não foram relevados os detalhes do acordo, que vem sendo negociado há alguns meses. Havia a especulação de que uma diminuição no salário do finlandês teria retardado as conversas.

Raikkonen é o último campeão pela Ferrari, título conquistado em 2007, primeiro ano de sua passagem inicial, que durou até 2009. Na ocasião, o piloto foi substituído por Fernando Alonso e chegou a deixar a Fórmula 1, voltando pela Lotus em 2012 e tendo bons resultados com o time de Enstone, o que garantiu seu retorno à Ferrari, ao lado do piloto espanhol. Desde então, o piloto não voltou a ganhar corridas e tem sido alvo de especulações quanto a sua aposentadoria, mas segue renovando anualmente seus acordos com a equipe italiana.

Com 263 largadas na Fórmula 1, Raikkonen soma 20 vitórias e é atualmente o quinto colocado no campeonato.

E Vettel?
Raikkonen não é o único piloto da Ferrari cujo contrato acaba ao final desta temporada. O acordo de três anos de Sebastian Vettel também se encerra e a renovação não estaria sendo das mais fáceis. Isso porque a Scuderia quer mais três anos de contrato e o piloto alemão, que atualmente lidera o campeonato, com 14 pontos de vantagem para Lewis Hamilton, quer ter mais liberdade para ter a possibilidade de avaliar a ida à Mercedes, que poderia acontecer inclusive na próxima temporada, ainda que as chances sejam mínimas. 

No cenário atual, acredita-se que a renovação de Vettel será anunciada antes do GP da Itália, na semana que vem, mas com grandes possibilidades de também, a exemplo de Raikkonen, ser um acordo válido apenas para 2018.

Neste final de semana, a Fórmula 1 retorna das férias de agosto com o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps, circuito em que Raikkonen tem seu melhor retrospecto: venceu por quatro vezes, inclusive obtendo sua última vitória pela Ferrari, em 2009.

Fórmula 1