PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Com produtor de "Senna", drama da McLaren em 2017 vai virar documentário

Dan Istitene/Getty Images
Imagem: Dan Istitene/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/03/2017 10h55

A péssima fase da McLaren nas pistas vai ser documentada em vídeo, em programa que será divulgado nos próximos meses. As filmagens são fruto de uma parceria entre a equipe e a Amazon Prime e faz parte dos novos esforços da Fórmula 1 para explorar melhor seu conteúdo e se aproximar dos torcedores.

O chefe da equipe, Zak Brown, descreveu o projeto como “o mais íntimo e honesto acesso a uma equipe moderna que a Fórmula 1 já viu.”

A série vai mostrar as dificuldades da equipe na preparação da pré-temporada, especialmente devido à falta de performance e confiabilidade do motor Honda, e terá o produtor do filme “Senna”, Manish Pandey, como parte do projeto, junto de Chris Connell e Anwar Nuseibeh. Outro foco será a preparação de Stoffel Vandoorne para sua primeira temporada completa como piloto titular.

Ainda não foi divulgado se a série estará disponível com tradução para o português, mas o anúncio é de que o conteúdo será distribuído exclusivamente pela Amazon Prime Video, plataforma pela qual estará disponível em mais de 200 países.

“Na McLaren, queremos mostrar e celebrar todos os elementos da F-1. Entendemos que os fãs queiram sempre aumentar seu nível de acesso e informação e a série dará a eles o acesso mais íntimo e honesto já visto a uma equipe”, salientou Brown. “Enquanto queríamos mostrar a tecnologia e conhecimento empregados na construção destas máquinas, queríamos também mostrar a paixão, comprometimento e esforço de centenas de pessoas do Centro de Tecnologia da McLaren. No final das contas, a F-1 é uma história bem humana: espero que a série capte isso.”

Nas pistas, a McLaren não começou bem a temporada de 2017: Fernando Alonso conseguiu um ótimo 13º lugar no grid, mesmo com 30km/h de déficit nas retas e caminhava para um décimo lugar na corrida quando abandonou com problemas na suspensão. Já Vandoorne sofreu uma queda de fluxo de combustível e também ficou de fora da prova.

Fórmula 1