PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Pilotos são unânimes: Rosberg mereceu ser campeão nesta temporada

AP/Luca Bruno
Imagem: AP/Luca Bruno

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Abu Dhabi

27/11/2016 15h36

É difícil encontrar no paddock da Fórmula 1 alguém que não considere Lewis Hamilton superior a Nico Rosberg. De fato, o inglês sempre terminou as temporadas à frente do companheiro desde que eles começaram a correr juntos, em 2013. Mas neste ano foi diferente e o alemão conquistou seu primeiro título por cinco pontos de diferença.

Hamilton culpa a falta de confiabilidade pela derrota, uma vez que teve problemas no motor no início da temporada e uma quebra quando liderava o GP da Malásia, a cinco provas do final do campeonato. Porém, pilotos e ex-pilotos elogiaram a performance de Rosberg.

Na coletiva de imprensa dos três primeiros colocados logo após a prova, Sebastian Vettel fez questão de mencionar, sem ser perguntado, que acredita que Rosberg mereceu o título.

“No meu ponto de vista, você não é campeão por sorte. Acho que Nico merece ser campeão, ele conquistou muitos pontos ao longo da temporada. Às vezes você tem mais ou menos problemas com o carro, mas as coisas funcionam assim, a cada ano é diferente. Mas acho que hoje é o dia do Nico e merece todos os nossos cumprimentos. Ele mereceu ser campeão.”

O alemão foi celebrado também por campeões do mundo, como Jody Scheckter. "Sem dúvida, Rosberg merece ser campeão. É difícil equilibrar agressividade e cuidado", avaliou por meio de seu twitter.

Felipe Nasr foi outro que destacou as qualidades de Rosberg. "Eu acho que ele construiu isso durante o ano, essa vantagem e pode consolidar aqui. É sempre fácil falar, mas fazer é muito mais difícil. Com certeza ele estava sob pressão nessa corrida, vendo um monte de carro chegar e que bom. Para o campeonato em sim é bom um outro piloto vencendo e eu acho que ele aproveitou as oportunidades dele. A gente pode discutir por horas, às vezes um tem mais sorte, outro menos, enfim, é quem está lá na hora certa e na hora que precisa."

Felipe Massa também elogiou o novo campeão. "Nico teve um campeonato fantástico. É legal seu pai ter sido campeão e agora ele. É legal para o esporte."

O ex-piloto e comentarista Martin Brundle lembrou que o bom momento de Rosberg começou no ano passado, nas três vitórias conquistadas nas provas disputadas quando o título de Hamilton já estava decidido. Até o próprio Nico afirmou que a maneira como ele perdeu o campeonato no GP dos Estados Unidos mudou sua abordagem. “Um dos motivos de eu estar nesta posição agora é o que aconteceu em Austin”, disse o piloto, que errou quando liderava e entregou aquela vitória de bandeja para Hamilton.

"Nós temos que lembrar que, quando Hamilton conquistou o título no ano passado, Rosberg venceu as últimas três corridas e ninguém falou que isso desvalorizou o campeonato de Lewis”, afirmou Brundle.

"Claramente, a confiabilidade desempenhou um papel importante, Rosberg teve uma punição por causa de um rádio em Silverstone e, em seguida, eles mudaram as regras. Mas ele fez o precisava fazer e quem quer que marque mais pontos é o campeão."

Fórmula 1