PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Ricciardo se revolta com erro da Red Bull: 'É a segunda vez seguida'

REUTERS/Eric Gaillard
Imagem: REUTERS/Eric Gaillard

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monte Carlo (MON)

29/05/2016 11h39

Daniel Ricciardo chegou em segundo lugar no GP de Mônaco. Mas não poderia estar mais decepcionado com sua corrida: pole position, o australiano controlou boa parte da prova até que um erro no pit stop da Red Bull acabou entregando a vitória para Lewis Hamilton.

Após dominar as primeiras voltas da prova, Ricciardo vinha em segundo após ter feito uma parada a mais que Hamilton, mas tinha a clara oportunidade de reassumir a liderança não fosse o erro de sua equipe, que não tinha seus pneus preparados quando o australiano chegou nos pits. O piloto acabou retornando à pista colado em Hamilton, mas não conseguiu passar o inglês.

“Não há nada que vocês possam falar para melhorar isso”, disse o piloto à equipe via rádio logo que cruzou a linha de chegada.

Entrevistado no pódio, Ricciardo voltou a criticar o time. “Machuca. Não deveria ter sido uma prova ser tão animada quanto foi. Não faço ideia do que aconteceu no meu pit stop. Me chamaram para o box, não fui eu que decidi entrar. Então eles deveriam estar prontos. Nem quero ficar falando sobre isso.”

Ricciardo lembrou que é a segunda corrida seguida em que a equipe acaba prejudicando-o. No GP da Espanha, o australiano também liderava, mas adotou a estratégia errada e viu a vitória ficar com o companheiro Max Verstappen.

“Já é a segunda corrida que eu me dou mal. Sinto que era o mais rápido em todas as condições, mas o segundo lugar não mostra isso.”

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, disse que o erro foi de comunicação. “Nós demos a corrida de presente para a Mercedes. Infelizmente houve muitos desentendidos e a comunicação não foi correta. Vamos investigar para ver o que aconteceu. Foi um erro humano. Sinto muito por Daniel, tudo o que podemos fazer é pedir desculpas.”

Fórmula 1