PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Hamilton volta a ter problemas no motor, mas garante: 'Não vou desistir'

 Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/04/2016 10h19

O ano de 2016 tem sido a temporada dos problemas para Lewis Hamilton. Na classificação para o GP da Rússia, o inglês voltou a ter os mesmos problemas que o fizeram largar em último na etapa anterior, na China, e ficou apenas com o décimo lugar no grid.

Hamilton revelou que perdeu potência em seu motor Mercedes durante a segunda parte da classificação e sequer participou do Q3. “Fui à pista no final do Q2 só para sentir o carro e vi que tinha acontecido a mesma coisa da China”, disse o tricampeão, que teve seu motor trocado após a última etapa.

“Obviamente, não é uma grande sensação, mas vou tentar me recuperar de onde quer que eu largue”, disse o inglês, que se classificou na décima posição, mas ainda enfrenta uma investigação dos comissários por não ter voltado à pista de maneira segura depois de uma escapada durante o treino.

Depois de conquistar o tricampeonato com três corridas de antecipação ano passado, Hamilton vem enfrentando um início de temporada bastante difícil. O inglês ainda não teve um final de semana limpo até aqui, tendo tido primeiras curvas ruins na Austrália e no Bahrein, e sofrido problemas no motor na China, quando largou em último. Rosberg, por sua vez, venceu as três provas. Ainda assim, o piloto da Mercedes segue confiante. “Não há nada que eu possa fazer. Mas nunca vou desistir.”

O GP da Rússia, terá largada às 9h do domingo, pelo horário de Brasília, com Rosberg na pole, largando ao lado de Valtteri Bottas, da Williams. Felipe Massa larga em quarto e Felipe Nasr, em 19º.

Fórmula 1