PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Renault muda pintura do carro às vésperas do início da temporada da F-1

Divulgação/Renault
Imagem: Divulgação/Renault

Do UOL, em São Paulo

16/03/2016 07h18

Após usar o preto na pré-temporada, a Renault divulgou nesta quarta-feira o retorno às raízes em sua pintura definitiva para o retorno à Fórmula 1 como construtora: o carro com que Kevin Magnussen e Jolyon Palmer disputarão a temporada será predominantemente amarelo.

“A cor diz muito sobre nossa identidade e sobre o que ela representa”, declarou Cyril Abiteboul. De fato, a Renault historicamente sempre esteve ligada à cor amarela.

Na Fórmula 1, o time já havia utilizado pintura parecida na temporada 2010, ainda que tenha, ao longo dos anos, assumido diferentes ‘identidades’, ligadas a patrocinadores, como o azul claro dos tempos do bicampeonato com Fernando Alonso, em 2005 e 2006, e a predominância do laranja e azul escuro dos anos seguintes.

A apresentação da pintura definitiva acontece pouco mais de um mês do evento de lançamento da própria equipe Renault, quando o carro apareceu predominantemente preto.

“Vi que muitas pessoas gostariam que sumíssemos com o preto, então optamos por algo diferente. E parece que combina. Nós escolhemos o amarelo, que tem sido a cor da Renault desde 1946, então estamos sendo bem fiéis a nossa história”, disse o diretor esportivo da equipe francesa, Frederic Vasseur.

A nova Renault estará na pista para a etapa de abertura do campeonato, na Austrália, a partir da quinta-feira, às 22h30, pelo horário de Brasília. O segundo treino livre será na madrugada da sexta-feira, a partir das 2h30. O terceiro treino livre será à meia-noite de sábado e a classificação, às 3h. A largada está marcada para as 2h do domingo.

Fórmula 1