PUBLICIDADE
Topo

Cinco vezes que Marília Mendonça fez do mundo um lugar melhor

Cantora e compositora, Marília Mendonça foi homenageada, entre outras coisas, por seu envolvimento em causas sociais - Reprodução/Instagram
Cantora e compositora, Marília Mendonça foi homenageada, entre outras coisas, por seu envolvimento em causas sociais Imagem: Reprodução/Instagram

Camilla Freitas

De Ecoa, em São Paulo (SP)

08/11/2021 15h30

"Uma pessoa tão do bem, tão especial." Foi assim que a modelo Alice Felis definiu Marília Mendonça em uma postagem no Instagram, após a morte da cantora de 26 anos na sexta-feira (5) em um acidente de avião que comoveu o Brasil. Além dela, outras quatro pessoas foram vítimas da queda: seu tio e assessor, um produtor, o piloto e o copiloto da aeronave.

Entre as lembranças e homenagens a Marília, estava seu engajamento em causas sociais. De doação a ONGs a posicionamentos em lives e em suas redes sociais, Marília Mendonça também se destacou como uma pessoa que gostava de usar a visibilidade que tinha para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade.

Pensando nisso, Ecoa fez uma seleção de cinco momentos nos quais a cantora e compositora mostrou que era uma estrela também fora dos palcos.

Doação sem divulgação

Em uma postagem lamentando a morte da cantora, a Pretitudes, projeto social que entre outras coisas, oferece o pagamento de cursos pré-vestibular para pessoas de baixa renda, contou que Marília Mendonça apoiava iniciativas da organização "no tocante ao investimento em educação de crianças em situação de vulnerabilidade", sem nunca ter pedido divulgação em troca.

Ajuda a Manaus

Marília Mendonça - Reprodução/ Instagram @mariliamendoncacantora - Reprodução/ Instagram @mariliamendoncacantora
Marília Mendonça em publicação sobre Manaus: "É tanta emoção retornar ao lugar que rendeu tantos frutos maravilhosos, que eu chamo de REALIDADE. agora, com a bênção de Deus, podendo levar a todos a minha música, gratuitamente e mais uma vez levar Manaus pro Brasil e pro mundo!"
Imagem: Reprodução/ Instagram @mariliamendoncacantora

Manaus foi a cidade escolhida por Marília Mendonça para ser a primeira a receber o projeto "Marília Mendonça - Todos os Cantos", isso porque, como conta na série documental da Globoplay que leva o mesmo nome do projeto, a capital amazonense foi a primeira a recebê-la como cantora.

Quando a cidade passou por falta de oxigênio em meio à crise de covid-19, a cantora se mobilizou com outros artistas para ajudar na arrecadação de respiradores para os hospitais.

A cantora, contudo, foi criticada por parte da internet por não querer apontar culpados políticos pela crise em Manaus. "Se alguém que você ama estivesse morrendo, você procuraria o culpado primeiro ou ajudaria a pessoa? reflita nisso!!!". Mesmo assim, não deixou de incentivar seus fãs a doarem.

Live histórica e do bem

Durante um dos momentos mais agudos da pandemia, em 2020, diversos artistas optaram por fazer lives não só para continuar chegando aos fãs como também para arrecadar doações para hospitais ou organizações que ajudavam pessoas em situação de vulnerabilidade.

Marília Mendonça não só fez a live mais assistida no mundo em 2020 como conseguiu arrecadar R$422 mil em doações destinadas ao programa social Mesa Brasil do Sesc que distribui alimentos a pessoas em insegurança alimentar.

Reconhecimento dos erros

Marília Mendonça foi uma pessoa que não passou incólume na internet. Em uma de suas lives, que ela continuou fazendo durante a pandemia, a cantora fez um comentário transfóbico e foi bastante criticada por isso.

Contudo, Marília preferiu não usar as redes sociais apenas para se desculpar. A artista abriu espaço em outra live para que Alice Felis, que sofreu transfobia e foi agredida dentro de sua própria casa, para falar com sua audiência sobre o perigo de se fazer "só um comentário", como muitas pessoas costumam dizer.

Em uma postagem em homenagem a Marília, Alice escreveu: "Nunca esperei estar aqui escrevendo isso, pois nunca esperamos que pessoas boas e do bem possam partir de uma hora pra outra! Peço que Deus conforte o coração de todos os familiares dela e amigos".

Letras que salvam vidas

Até mesmo as músicas de Marília Mendonça, por si só, têm o poder de mudar vidas. Em um país acostumado a ouvir músicas feitas por homens e sobre homens no sertanejo, ela revolucionou o estilo falando sobre mulheres de um jeito diferente. Em suas letras, mulheres sofrem por amor, bebem, traem, se separam de relacionamentos tóxicos e são donas de sua trajetória.

Suas composições — mais de 300! — ajudaram mulheres a saírem de relacionamentos abusivos. "Naquela dinâmica, sem liberdade, acompanhar o que a Marília postava nas redes sociais se tornou um hobby. A partir dali, era como se alguém me entendesse, e eu não estivesse mais sozinha", contou Tatiane De Lara para Universa.