PUBLICIDADE
Topo

Ação apreende R$ 1 milhão de peças irregulares em desmanches em São Paulo

Peças são avaliadas em R$ 1 milhão pelo Detran - Divulgação/Detran-SP
Peças são avaliadas em R$ 1 milhão pelo Detran Imagem: Divulgação/Detran-SP

Colaboração para o UOL

29/10/2020 15h23

Uma operação integrada flagrou hoje a comercialização irregular de 1,5 mil motocicletas no Centro de São Paulo. As peças apreendidas somam mais de R$ 1 milhão e 15 caminhões foram utilizados para retirá-las dos locais onde ocorriam os desmanches clandestinos dos veículos.

A ação, batizada de "Fur Partes", teve participação do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), Polícia Civil e Prefeitura Regional da Sé. Foram interditados três desmanches no perímetro do Centro da capital paulista.

Segundo o Detran-SP, além das peças apreendidas, houve o cumprimento de sete mandados de busca e apreensão e cinco autuações. Os agentes ainda realizaram 17 vistorias administrativas.

Peças estavam sem autorização para venda, segundo Detran - Divulgação/Detran-SP - Divulgação/Detran-SP
Peças estavam sem autorização para venda, segundo Detran
Imagem: Divulgação/Detran-SP

O Detran-SP informou que nenhum dos estabelecimentos "tinham autorização para vender peças usadas". A comercialização ocorria sem emissão de nota fiscal e as peças estavam sem cadastro no órgão de trânsito, algo exigido por lei estadual.

Um procedimento administrativo será aberto para investigar os desmanches clandestinos. Os proprietários poderão responder criminalmente e por danos ao meio ambiente.

O próprio cidadão pode verificar se as peças dos desmanches estão regulares através de uma etiqueta com número único de série e QR-Code, que são cadastradas no sistema online do Detran. É possível consultar a validade do código no aplicativo de serviços do Detran ou no site na área "Parceiros", seguido da opção "Desmontes". Os canais também estão abertos para denúncias.