PUBLICIDADE
Topo

Carros automáticos: veja os 10 modelos mais baratos para levar para casa

Chevrolet Onix - Divulgação
Chevrolet Onix Imagem: Divulgação

Do UOL

em São Paulo (SP)

08/02/2021 04h00

Apesar de os carros estarem ficando cada vez mais caros no Brasil, ainda dá para encontrar opções mais acessíveis, especialmente para quem busca um veículo com câmbio automático. Separamos dez opções mais em conta para quem busca o conforto de não se preocupar com o pedal de embreagem.

Alguns carros da lista estão dando adeus ao mercado, como é o caso das linhas Ford Ka e Toyota Etios. Ainda assim, são bons produtos, consolidados, bom de revenda e com conhecimento do mercado de reparação sobre a mecânica. O adeus pode ser uma vantagem para tentar negociar um desconto extra sabendo do fim de linha.

Veja a lista dos automáticos mais baratos:

  • Divulgação

    Hyundai HB20 Vision 1.6 AT - R$ 72.590

    A versão intermediária do HB20 hatch é uma boa opção para quem busca carro mais moderno. Apesar do visual polêmico dessa segunda geração, o hatch tem melhorias de suspensão e interior bem acabado. O motor é o já conhecido 1.6 flexível de até 130 cv. O câmbio é automático de seis marchas. Esse conjunto é utilizado também no Creta. Se quiser gastar mais, pode partir para o 1.0 turbo de 120 cv.

  • Etios hatch X Plus 1.5 AT - R$ 71.390

    Com pacote mais completo que o sedã, o hatch do Etios custa cerca de R$ 2 mil a mais. O modelo mantém a mesma mecânica de motor 1.5 de 109 cv e câmbio automático de quatro marchas. Por dentro, é bastante racional, mas tem bom espaço para quatro adultos.

  • DIVULGAÇÃO

    Caoa Chery Tiggo 2 - EX AT - R$ 68.690

    O único "SUV" da lista, o Tiggo 2 é o da família de utilitários-esportivos da Caoa Chery. Produzido em Jacareí (SP), usa motor 1.5 flex de até 115 cv. O câmbio é automático de quatro marchas, tal qual do Etios. O modelo tem 420 litros de porta-malas. Ele não tem alguns mimos, mas manteve as rodas de liga-leve mesmo atendendo o público PCD.

  • Divulgação

    VW Gol 1.6 AT - R$ 68.490

    Criado para atender o mercado de carros PCD, o câmbio automático só chegou nessa quinta geração ao Gol. Ele usa o motor 1.6 flexível de 120 cv com o câmbio automático de seis marchas. Se optar por um pacote de opcionais, pode contar até com troca de marchas por aletas atrás do volante.

  • Divulgação

    Chevrolet Onix Plus 1.0 Turbo - R$ 68.390

    Com os mesmos predicados do irmão hatch, o sedã Onix Plus também desponta bem na lista de mais vendidos. O modelo é o sedã mais vendido desde 2020. O bom conjunto 1.0 turbo três cilindros entrega um desempenho convincente e a entrega de força em baixas rotações é a principal vantagem, mesmo carregado, além de um consumo surpreendente.

  • Divulgação

    Toyota Etios Sedã X 1.5 AT - R$ 68.240

    Ainda com um restinho de vida antes de dar adeus às lojas, o Etios é um dos automáticos mais baratos à disposição do consumidor. O sedã automático é vendido só na versão base, X. O motor é o 1.5 aspirado e flexível de até 107 cv. O câmbio automático é o mais antigo da lista, de quatro marchas, mas consegue atender bem. Outra vantagem do Etios, apesar de racional, é a fama de confiabilidade mecânica da Toyota.

  • DIVULGAÇÃO

    Ford Ka 1.5 SE Plus - R$ 68.090

    Se você não precisa de todo espaço do sedã, o Ka hatch pode ser uma boa opção. Ele está disponível em uma versão mais completa, a SE Plus. O motor é o mesmo 1.5 de até 136 cv com câmbio automático de seis marchas, o que faz dele, um hatch "esportivo" sem o visual. Como referência, é mais potente que os HB20 Sport e Onix RS.

  • DIVULGAÇÃO

    Nissan V-Drive - R$ 66.490

    O antigo Versa, agora batizado de V-Drive é uma opção confiável, espaçosa e com bom porta-malas para quem quer um sedã com câmbio automático. O conjunto é o já conhecido motor 1.6 com câmbio automático do tipo CVT. Quem não estiver interessado em tanto espaço, há unidades do irmão March SV, que teve a produção encerrada ano passado, a R$ 70.290 em lojas.

  • DIVULGAÇÃO

    Chevrolet Onix 1.0 Turbo - R$ 65.390

    O carro mais vendido do Brasil tem a garantia dos anos à frente do mercado. A nova geração aposta no motor 1.0 turbo de até 116 cv e o bom câmbio automático da GM de seis marchas. O modelo tem um visual e construção moderna, além de ser o queridinho das ruas. Outra vantagem são os seis air bags de série.

  • DIVULGAÇÃO

    Ford Ka Sedan 1.5 SE - R$ 64.590

    O sedã da Ford teve a produção encerrada em Camaçari, mas ainda tem unidades nas revendas. A versão é a intermediária, mas apesar do fim da produção, tem a vantagem de uma mecânica conhecida (1.5 de até 136 cv) e consolidada. O câmbio é o automático de 6 marchas, o mesmo do Fusion e do EcoSport, e não tem nada a ver com Powershift.