Topo

Viagem

Roteiros internacionais


Seria este o vilarejo mais lindo do mundo? Conheça a incrível Gásadalur

Parte das Ilhas Faroë, o vilarejo de Gásadalur faz parte de um cenário digno de um quadro  - Sorstrommen/Getty Images/iStockphoto
Parte das Ilhas Faroë, o vilarejo de Gásadalur faz parte de um cenário digno de um quadro Imagem: Sorstrommen/Getty Images/iStockphoto

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

15/10/2019 04h00

Há certos lugares no mundo que, de tão bonitos, parecem a criação de algum artista genial. Um destes locais fica na Europa, mais precisamente nas desconhecidas Ilhas Faroë, localizadas ao norte do Reino Unido.

Trata-se de um vilarejo chamado Gásadalur, que, não raro, é chamado de "a vila mais bonita da Terra". E, de fato, o cenário onde está inserida esta pequena comunidade é digno de um quadro.

Ao lado de Gásadalur, a cachoeira Múlafossur cai direto no oceano - Christoph Nanz/Getty Images/iStockphoto
Ao lado de Gásadalur, a cachoeira Múlafossur cai direto no oceano
Imagem: Christoph Nanz/Getty Images/iStockphoto

De um lado da paisagem que cerca as casinhas de Gásadalur aparecem as lindas montanhas Árnafjall e Eysturtindur (ambas com seus cumes a mais de 700 metros de altitude).

Perto da base destes monumentos naturais, começa um solo verdejante que ondula levemente em direção a uma extensa beira de um despenhadeiro, de onde se avista o oceano.

E parte deste paredão é marcada pela fotogênica cachoeira Múlafossur, que cai por dezenas de metros de altura, desaguando no mar.

Gásadalur é um dos lugares mais fotografados das Ilhas Faroë - gaiamoments/Getty Images/iStockphoto
Gásadalur é um dos lugares mais fotografados das Ilhas Faroë
Imagem: gaiamoments/Getty Images/iStockphoto

E não para por aí: de Gásadalur, é possível ter uma visão privilegiada da bela ilha de Mykines, que também faz parte do arquipélago das Faroë.

Beleza isolada

Gásadalur possui menos de 20 habitantes (e este baixo número se deve à posição isolada do vilarejo): até 2004, só era possível chegar até lá de barco, de helicóptero ou com uma longa caminhada através das montanhas da área (diz a história que os carteiros das Ilhas Faroë tinham que encarar este árduo percurso a pé três vezes por semana, para levar correspondências até a comunidade).

Há aproximadamente 15 anos, porém, foi aberto um túnel na região, possibilitando o acesso de carros à vila.

Mesmo assim, trata-se de um local que ainda é capaz de fazer o turista se sentir em um cantinho secreto do mundo.

O vilarejo de Gásadalur tem menos de 20 habitantes - Josefine Karlsson/Getty Images/iStockphoto
O vilarejo de Gásadalur tem menos de 20 habitantes
Imagem: Josefine Karlsson/Getty Images/iStockphoto

Em determinadas épocas do ano, os viajantes que vão até Gásadalur podem dormir em uma pequena pousada que existe no vilarejo, chamada Gásadalsgardur (o site do estabelecimento, entretanto, informa que ele está fechado no momento e que só abrirá a partir da primavera no Hemisfério Norte do ano que vem).

E há passeios atrativos para realizar por lá: os mais aventureiros podem subir a montanha Árnafjall, em um trajeto que oferece lindas vistas panorâmicas, mas que não é recomendado para quem sofre de vertigem.

Já para chegar perto do ponto onde começa a cachoeira Múlafossur, são apenas cinco minutos de caminhada desde a vila.

E Gásadalur ainda abriga uma lojinha de souvenires que vende produtos feitos com lã de ovelha, animal muito criado nesta parte do globo.

Mais atrativos das Faroë

O arquipélago das Faroë tem mais para mostrar.

Na ilha de Eysturoy, por exemplo, mais precisamente nas proximidades do vilarejo de Gjógv, o turista tem a chance de fazer passeios de caiaque no meio de um desfiladeiro com cerca de 200 metros de extensão.

Nas proximidades do vilarejo de Gjógv, os turistas fazem lindos passeios de barco - FedevPhoto/Getty Images/iStockphoto
Nas proximidades do vilarejo de Gjógv, os turistas fazem lindos passeios de barco
Imagem: FedevPhoto/Getty Images/iStockphoto

Já na região de Vestmanna, as pessoas podem realizar tours de barco entre paredões com mais de 700 metros de altura, em uma paisagem simplesmente épica.

E a ilha de Kalsoy é um dos melhores lugares para caminhadas no meio da natureza no arquipélago: este pedaço de terra é recheado de vales, mirantes para o oceano, montanhas e pássaros exóticos, em um cenário perfeito para um trekking.

É possível chegar às Ilhas Faroë com um voo direto de aproximadamente 2h15 que sai do aeroporto que serve Copenhague, na Dinamarca.

As aeronaves pousam no aeroporto da ilha de Vágar (a mesma ilha onde está o vilarejo de Gásadalur).

Paisagem da linda ilha de Kalsoy, nas Ilhas Faroë - Swen_Stroop/Getty Images/iStockphoto
Paisagem da linda ilha de Kalsoy, nas Ilhas Faroë
Imagem: Swen_Stroop/Getty Images/iStockphoto

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Roteiros internacionais