PUBLICIDADE

Topo

Universa

Universa transmite Giro pela Vida, evento de combate ao câncer de mama

A cantora Margareth Menezes se apresenta no evento on-line Giro pela Vida - Divulgação
A cantora Margareth Menezes se apresenta no evento on-line Giro pela Vida Imagem: Divulgação

Aline Scherer

Colaboração para Universa

06/10/2021 04h00

Universa e o Instituto Avon transmitem ao vivo, nesta quinta-feira, a partir das 16h, a 9ª edição do Giro Pela Vida, evento de combate ao câncer de mama, pela segunda vez totalmente on-line. Com histórias inspiradoras, especialistas e mulheres que estão lutando contra o câncer falarão sobre saúde e conscientização. O evento contará com show da cantora Margareth Menezes.

As duas horas de conversas se dividem em três temas: autocuidado, direitos da mulher, processos e avanços no tratamento. No primeiro painel, "Olha pra Você", a apresentadora e ativista Sabrina Parlatore, que venceu o câncer de mama há pouco mais de cinco anos, recebe a médica mastologista Juliana Francisco. A conversa conta ainda com Daniela Grelin, diretora do Instituto Avon, e Viviane Mosé, sócia-diretora da Usina Pensamento. Elas refletem sobre como se amar, se cuidar e reunir forças para auxiliar quem precisa.

Em seguida, no painel "Olha para os Seus Direitos", Tatiana Schibuola, gerente geral de marcas editoriais do UOL, media uma conversa entre a advogada especialista em direito à saúde Renata Vilhena, sócia-fundadora da Vilhena Silva Advogados, e a gerente de causas do Instituto Avon, Regina Célia, sobre os direitos da mulher na jornada contra o câncer de mama.

No Momento Inspiração, Luiza Brunet, Cyda Silva e Daniela Grelin falam sobre como enfrentaram desafios com coragem. Por fim, no painel "Sem Medo de Olhar para o Câncer", Sabrina Parlatore conversa com a oncologista Ana Baccarin, a ginecologista e mastologista Rita Dardes, a pacientes Ana Michelli e a coordenadora do tema câncer de mama no Instituto Avon, Mariana Lorencinho. A discussão será sobre os detalhes do tratamento e as novidades sobre a cura da doença.

Caminho mais rápido para a cura: descoberta precoce via autoexame

Só em 2020 no Brasil, foram identificados novos 64 mil casos de câncer de mama atingindo mulheres com 30 anos ou mais de idade, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer. Em todo o mundo, foram mais de 2,3 milhões de mulheres acometidas só no ano passado.

O Instituto Avon investe na causa do câncer de mama porque é o mais comum entre as mulheres, e o que mais mata mulheres no mundo.

A doença tem mais de 95% de chance de cura quando descoberta no início. No entanto, a estimativa é que 40% dos diagnósticos de câncer de mama no sistema público de saúde brasileiro sejam tardios. É justamente o mesmo percentual médio de mulheres na faixa etária recomendada que não fizeram o exame de prevenção nos dois últimos anos.

A proporção muda conforme a região onde vivem as mulheres, o que indica não só a necessidade de informação como de acesso aos exames e ao diagnóstico.

Assista ao evento Giro pela Vida nesta quinta (7), das 16h às 18h30, no perfil do Instituto Avon no YouTube e no Canal UOL.

Universa