PUBLICIDADE
Topo

Coincidência rara, lua de mel acontece nesta sexta-feira 13

Jason Reed/ Reuters
Imagem: Jason Reed/ Reuters

Do UOL, em São Paulo

12/06/2014 22h10

Nos primeiros minutos desta sexta-feira (13), as pessoas que estiverem na parte leste da América do Norte vão assistir a um fenômeno conhecido como lua de mel, que é a coincidência da fase de lua cheia com o período (chamado perigeu) em que ela está mais próxima da Terra  -- a 362.065 km de distância. Estas duas circunstâncias vão proporcionar a quem estiver nesta região uma luz com tons de mel mais brilhantes; uma lua mais âmbar que outras luas cheias este ano.

A coincidência da lua cheia com a sexta-feira 13  não é tão incomum, pois ocorre a cada três anos em média. Mas ter a combinação de uma lua de mel e uma sexta-feira 13 é rara. Aconteceu pela última vez no dia 13 de junho de 1919, de acordo com o site de astronomia popular Universe Today, e só vai acontecer de novo em 13 de junho de 2098.

A parte mais espetacular da chamado lua de mel começa horas antes da meia-noite, devido a uma ilusão de que a lua parece maior no céu quando está perto do horizonte. Quem não estiver na parte leste da América do Norte poderá assistir a este espetáculo astronômico virtualmente, através da transmissão ao vivo feita por um webcast de alta definição pelos telescópios Slooh nas Ilhas Canárias, na costa de África.

Aqui no Brasil, a transmissão começará às 22h30 desta quinta-feira (12), uma programação perfeita para encerrar a romântica comemoração do Dia dos Namorados e iniciar a sexta-feira 13; o clímax da lua de mel deve vai acontecer por volta da 1h15 no horário brasileiro.