PUBLICIDADE
Topo

'Lua de Sangue' ficará visível nos EUA e em parte da América Latina

07/10/2014 20h09

WASHINGTON, 07 Out 2014 (AFP) - O eclipse total que tingirá a Lua de vermelho, criando uma "Lua de sangue", ficará visível nesta quarta-feira nos Estados Unidos, na Ásia e, em sua primeira fase, em parte da América Latina, informou a Nasa nesta terça-feira.

O extremo noroeste dos Estados Unidos e parte da Ásia verão o eclipse completo. Mas México, América Central, Colômbia e Equador poderão apreciá-lo no início do amanhecer.

Europa, África e Oriente Médio perderão totalmente o espetáculo astronômico, que acontece quando a Lua fica totalmente na sombra da Terra.

O fenômeno foi apelidado de "Lua de Sangue" porque a Lua refletirá a luz do Sol dispersa na atmosfera terrestre, ganhando uma coloração avermelhada.

A Lua entrará na zona de penumbra às 08h15 GMT (05h15 de Brasília) e começará a ser parcialmente encoberta às 09H14 GMT (06h14 de Brasília).

A fase de eclipse total começará às 10h25 GMT (07h25 de Brasília), alcançará o seu auge às 10h54 GMT (07h54 de Brasília) e terminará às 11h24 GMT (08h24 de Brasília).

Isto quer dizer que, em países como México, Colômbia, Peru e Equador, a Lua começará a entrar na zona de penumbra total às 05h25 locais.

As páginas da internet da Nasa e do telescópio robô Slooth transmitirão o fenômeno ao vivo.

A transmissão da Nasa, com a participação de especialistas, começará às 07h00 GMT (04h00 de Brasília), em 8 de outubro. O Slooth começará a transmitir imagens às 09h00 GMT (06h00 de Brasília).

O último eclipse total da Lua aconteceu em 15 de abril de 2014 e o próximo será em 4 de abril de 2015.