Topo

Astronauta-celebridade Chris Hadfield vai se aposentar em julho

Em Ottawa

10/06/2013 19h31

O astronauta canadense Chris Hadfield anunciou sua aposentadoria nesta segunda-feira (10) depois de retornar de uma missão de cinco meses no espaço, no qual comoveu o mundo com seus relatos no Twitter e de um videoclipe em que apareceu interpretando um clássico de David Bowie.

"Foi uma aventura incrível", afirmou Hadfield, de 53 anos, ao comentar seus 35 anos de serviço como piloto de combate durante a Guerra Fria e astronauta da Agência Espacial Canadense.

A última missão na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) foi "uma espécie de ápice de toda a minha carreira desde que era um menininho sonhador de nove anos que pensava em voar ao espaço", disse. "Para mim é hora de fazer outra coisa".

"Em um mês me aposentarei da Agência Espacial Canadense e só me dedicarei a assuntos privados", disse Hadfield em entrevista coletiva. Sua aposentadoria está prevista para 3 de julho.

Hadfield retornou à Terra no mês passado, juntamente com o astronauta norte-americano Tom Marshburn e o cosmonauta russo Roman Romanenko.

Do espaço, Hadfield cativou a imaginação do público com atualizações no Twitter que davam uma visão sem precedentes do cotidiano no espaço e permitiram que seus seguidores vissem imagens espetaculares tiradas da ISS.

Com tuítes enviados de um perfil com reminiscências da série Jornada nas Estrelas, @Cmdr_Hadfield, o astronauta publicou fotos incríveis da Terra vista do céu e também fez comentários interessantes sobre aspectos mundanos como a comida e o banho no espaço.

Hadfield e sua equipe fizeram a primeira coletiva ao vivo do espaço e fizeram um número recorde de experiências científicas na ISS. Ele, que compunha músicas inspiradas no espaço, gravou o primeiro vídeo musical em órbita: uma versão do clássico Space Oddity, de David Bowie.

O astronauta midiático usou o poder das redes sociais com mais eficácia do que nenhum outro na história dos voos espaciais tripulados e tornou-se, sem dúvida, o astronauta mais conhecido desde a época de Neil Armstrong e Buzz Aldrin, os primeiros homens a pisar na Lua.

Em um momento em que alguns cientistas questionam a necessidade de voos espaciais tripulados para a ISS e em meio a pressões orçamentárias constantes, Hadfield serviu de inspiração para muitas pessoas.

O astronauta poliglota - ele fala inglês, francês e russo - disse que ainda está se readaptando à gravidade desde que retornou à Terra. Seu coração encolheu e ele perdeu massa óssea, mas garantiu que deverá estar "quase de volta à normalidade no começo de setembro".

Tilt