Topo

Transporte por aplicativo e streaming entram na apuração da inflação brasileira, diz IBGE

gastos com "pets" também vão entrar na conta da inflação - Nadia Bormotova/Getty Images
gastos com 'pets' também vão entrar na conta da inflação Imagem: Nadia Bormotova/Getty Images

11/10/2019 15h49

SÃO PAULO (Reuters) - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou nesta sexta-feira que serviços de transmissão de mídia pela internet e transportes por aplicativo passarão a fazer parte do cálculo da apuração da inflação oficial brasileira a partir de janeiro de 2020.

"Produtos e serviços de alta tecnologia, consumo prático, vida saudável e estética, além dos gastos com 'pets' são algumas das tendências de consumo que contribuíram para alterar a cesta de produtos das famílias", disse o IBGE em nota à imprensa.

Além dos serviços de streaming e de aplicativos de transporte, o cálculo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) vai incluir pacotes de serviços de telefonia, acesso à internet e TV paga. Saem da lista itens como aparelhos de DVD, assinaturas de jornal e máquina fotográfica.

A nova estrutura de ponderação do IPCA tem como base nos resultados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018, com seis subitens a menos que na estrutura atual.

(Por Camila Moreira)

Tilt