Topo

Chefe da Nasa visita fábrica da SpaceX após discussão por atrasos em cápsulas

1º.jun.2012  - Imagem mostra a cápsula de carga não-tripulada Dragon, da Space Exploration Technologies (Space X), em um barco, após ser retirada do Oceano Pacífico, próximo à Califórnia (EUA) - SpaceX/Reuters
1º.jun.2012 - Imagem mostra a cápsula de carga não-tripulada Dragon, da Space Exploration Technologies (Space X), em um barco, após ser retirada do Oceano Pacífico, próximo à Califórnia (EUA) Imagem: SpaceX/Reuters

10/10/2019 18h21

O presidente-executivo da SpaceX, Elon Musk, abriu hoje sua fábrica de foguetes ao principal oficial da Nasa para uma visita e a divulgação de um relatório de progresso da muito adiada cápsula para astronautas Crew Dragon.

A Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço está pagando a SpaceX e a Boeing 6,8 bilhões de dólares para construir sistemas de foguetes e cápsulas para levar astronautas à Estação Espacial Internacional a partir de solo norte-americano pela primeira vez desde que o programa de ônibus espaciais dos EUA terminou em 2011.

A visita do administrador da Nasa, Jim Bridenstine, à sede da SpaceX no subúrbio de Hawthorne, em Los Angeles, e uma coletiva de imprensa prevista para as 14h, horário local, acontecem enquanto a SpaceX trabalha para superar os principais desafios técnicos do Crew Dragon.

Também vem após uma rara discussão pública dias antes entre Musk e o chefe da Nasa, que se irritou com Musk no Twitter por comemorar um marco não relacionado alcançado no foguete Starship da SpaceX, enquanto a conclusão do projeto Crew Dragon continua atrasada.

"É hora de entregar", disse Bridenstine.

Além de uma demonstração da unidade, a SpaceX e a Nasa devem atualizar os jornalistas nesta quinta-feira sobre o cronograma de lançamento do Crew Dragon e as dificuldades técnicas, incluindo preocupações com paraquedas e uma investigação sobre uma explosão durante um teste em abril.

Mais Tilt