Topo

Projeto de lei que quer proibir tecnologia 5G em SC usou boato

Políticos alegaram que implantação da tecnologia traria "riscos" para a saúde dos humanos e dos animais - iStock
Políticos alegaram que implantação da tecnologia traria "riscos" para a saúde dos humanos e dos animais Imagem: iStock

Renan Dionisio

Colaboração para o UOL

23/07/2019 15h13

Resumo da notícia

  • Deputados de Santa Catarina querem proibir o uso da tecnologia 5G no estado
  • Projeto de lei apresentado na Alesc, no entanto, faz referência a uma fake news
  • Boato diz que 5G teria causado a morte de pássaros na Holanda
  • Políticos ainda "culpam" a mídia por elogiarem a nova tecnologia

Um deputado estadual de Santa Catarina apresentou na Assembleia Legislativa (Alesc), na semana passada, o PL/0241.5/2019, um projeto de lei que sugere a proibição de testes e instalações do 5G no estado. O texto, no entanto, faz referência a uma notícia falsa.

Marcius Machado (PL) usou supostos "riscos" para a saúde de humanos e animais como justificativa para proposta. Para o parlamentar, seres vivos estariam expostos à radiação da tecnologia.

O deputado usou como base para o projeto de lei uma fake news que viralizou no YouTube no ano passado. Os vídeos atestavam incorretamente que testes de 5G teriam causado a morte de centenas de pássaros na Holanda. O boato já foi desmentido por sites como Wired, Snopes e BBC.

No texto do projeto, Machado ainda "culpa" os meios de comunicação tradicionais por elogiarem a nova tecnologia, que possivelmente trará danos aos moradores. "Os meios de comunicação vêm divulgando apenas as vantagens que as redes sem fio 5G podem trazer em matéria de comunicação e transmissão de dados", escreve o parlamentar.

Ele sugere ainda multa de R$ 100 mil para os infratores. Ao fim do texto, o deputado argumenta ainda que a tecnologia seria responsável também por acabar com as abelhas da região. Para enriquecer a tese, usou uma declaração falsamente atribuída a Albert Einstein: "Se as abelhas desaparecessem da face da terra, a humanidade teria apenas quatro anos de existência". O site Quote Investigator, no entanto, pontua que essa frase nunca foi dita pelo cientista em sua vida.

O projeto será encaminhado para as comissões de Justiça, Economia e Saúde.

5G em teste

Em maio deste ano, a TIM, ao lado da Huawei e da Fundação Certi, começou a fase de testes da tecnologia em Florianópolis, capital catarinense, com a instalação de uma antena.

A Anatel pretende realizar o leilão das frequências do 5G no primeiro semestre de 2020.

Errata: o texto foi atualizado
Em sua primeira versão, o texto informou incorretamente que o deputado Nilson Berlanda (PL) também era autor do projeto de lei.

Mais Telefonia