Topo

Mais uma! Xiaomi provoca Apple após lançamento dos novos iPhones

Novos iPhones estão sendo alvos de provocações de rivais da Apple - Stephen Lam/Reuters
Novos iPhones estão sendo alvos de provocações de rivais da Apple Imagem: Stephen Lam/Reuters

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

15/09/2018 15h56

O lançamento dos novos iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR têm virado um prato cheio para a... concorrência. Depois da Huawei dar uma enorme cutucada na maçã, agora foi a vez de outra empresa chinesa provocar a companhia de Tim Cook: a Xiaomi.

Depois dos novos smartphones da Apple serem apresentados, a Xiaomi resolveu tirar sarro da Apple oferecendo pacotes de produtos da companhia pelo mesmo valor de um único celular da empresa norte-americana na China. A Apple já anunciou os preços dos novos iPhones para o país asiático.

VEJA TAMBÉM

Foram três opções de pacotes elaboradas pela Xiaomi em provocação à Apple. O XR Suite, feito em alusão ao iPhone XR, oferece, pelo menos valor do celular da Apple, um smartphone Mi 8 SE (6 GB de RAM e 128 GB de memória), um smartwatch Mi Banda 3, um notebook Mi Air de 12,5 polegadas e um headset  bluetooth da Xiaomi.

Já no pacote XS Suite, feito em provocação ao iPhone XS, o consumidor leva um smartphone Mi Mix 25 (8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento), um smartwatch Mi Band 3, um notebook Mi Air de 13,3 polegadas e um headset bluetooth da Xiaomi.

Pelo mesmo valor do iPhone XS Max é oferecido o pacote XS Max Set, o mais caro de todos. O preço único do smartphone da Apple renderia ao cliente da Xiaomi um celular Mi 8 (6GB de RAM e 128 GB de armazenamento), o notebook Mi Pro, o smartwatch Mi Band 3 e um headset bluetooth. 

Xiaomi provoca Apple após lançamentos de novos iPhones com pacotes de produtos - Reprodução
Xiaomi provoca Apple após lançamentos de novos iPhones com pacotes de produtos
Imagem: Reprodução

Os pacotes oferecidos pela Xiaomi dão um desconto grande em relação ao valor que teria que ser desembolsado se o consumidor comprasse cada item separadamente. Infelizmente, esses pacotes só estão disponíveis na China.

Em tempo: o ataque das empresas chinesas contra a Apple não é só coincidência. O lançamento dos novos iPhones mostrou que a Apple quer entrar pesado na concorrência pelos usuários chineses, principalmente com o recurso inédito do usuário utilizar dois chips diferentes no smartphone.

Os novos iPhones ainda não têm preço no Brasil, mas há a possibilidade deles ultrapassarem a barreira de R$ 10 mil por aqui. 

Um iPhonão desse, bicho! Com iPhone XS Max, a Apple se rendeu à telona

Relembre a evolução

Tilt