PUBLICIDADE

Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Review e gameplay: Forza Horizon 5 mantém o nível fantástico da franquia

Divulgação/Microsoft
Imagem: Divulgação/Microsoft

Por Rodrigo Lara

Colaboração para START

04/11/2021 15h15Atualizada em 08/11/2021 14h43

Quando consideramos franquias longevas de produtos culturais, a trajetória geralmente segue uma ordem de crescimento, auge e declínio. Acontece com bandas, com filmes, com séries... mas, ao que parece, não com Forza Horizon.

Forza Horizon 5 oferece uma prova incontestável. Ele chega para PC, Xbox One e Xbox Series S/X em 9 de novembro - nove anos depois do primeiro jogo, criado como uma alternativa mais descontraída ao misto de simulador e arcade Forza Motorsport.

Depois de passar pelas estradas do Colorado (EUA), sul da Europa, Austrália e Grã-Bretanha, ele agora aterrissa no México para explorar a vasta variedade de cenários locais. De acordo com a desenvolvedora Playground Games, são 11 tipos de biomas diferentes, que ajudam a dar um toque considerável de variedade à experiência.

Confira os primeiros 10 minutos da nossa gameplay no vídeo abaixo. A review continua logo depois.

Difícil enjoar

Dependendo do tamanho da corrida, você passará por ambientes variados - dando a largada em uma praia, por exemplo, depois passando por uma cidade e finalizando nas curvas que serpenteiam as selvas mexicanas.

Há também uma grande quantidade de modalidades distintas: disputas em estradas e circuitos fechados asfaltados, provas de arrancada, desafios de drift, corridas off-road e até eventos especiais com aquele toque de maluquice típico da franquia.

Forza Horizon 5 - Divulgação/Microsoft - Divulgação/Microsoft
Imagem: Divulgação/Microsoft

Considerando que também há segredos espalhados pelo mapa, como placas de experiência e dinheiro, pontos de interesse para tirar fotos e carros escondidos, não é improvável que você se descubra numa situação inusitada: paralisado diante de um mapa recheado de ícones de atividades e sem saber por onde começar.

A dica é: apenas comece. Vai valer a pena

Por falar em carros, são mais de 500, englobando os mais variados estilos possíveis. Quer desfilar com modelos clássicos? Você pode. Quer pilotar modelos de rally, jipes, picapes e supercarros devoradores de asfalto? Você quem manda. Não importa qual você escolher, o game irá parear a partida com adversários de categoria similar.

A sensação de liberdade é enorme, não apenas porque você poder ir para qualquer canto do mapa a qualquer momento, mas também porque pode encarar os episódios da campanha na ordem que bem entender, sem uma progressão linear.

Forza Horizon 5 - Divulgação/Xbox - Divulgação/Xbox
Imagem: Divulgação/Xbox

¡Viva México!

O México dá um carisma adicional para Forza Horizon 5. Mesmo nos elementos mais caricatos, como as referências ao Dia de Los Muertos e à popular Lucha Libre, tudo é feito em tom de celebração, sem exageros ou piadas infames.

Paralelamente, o jogo também traz representações de pirâmides astecas e maias; quem estiver disposto a explorar as partes não pavimentadas do mapa vai, inevitavelmente, trombar com construções do tipo.

Apesar do cenário majoritariamente tropical (em forte contraste com a Grã-Bretanha chuvosa de Forza Horizon 4), as estações do ano no México são complexas o suficiente para extraírem o melhor do sistema de clima dinâmico, presente na franquia desde 2018. Assim, enquanto disputam posições com seus adversários, os jogadores terão uma dose de adrenalina extra ao encontrar tempestades de areia ou chuvas (que chegam a ser torrenciais, dependendo da situação).

Forza Horizon 5: costa tropical - Divulgação/Microsoft - Divulgação/Microsoft
Imagem: Divulgação/Microsoft

Belo e acessível

Um dos grandes atrativos de Forza Horizon é que ele é um game bastante acessível, facilmente apreciável tanto por novatos quanto por veteranos que curtem uma jogabilidade mais realista.

O pacote de auxílios à pilotagem conta com assistentes de frenagem e controle de estabilidade, que ajudam consideravelmente na manutenção do controle do carro. Quem busca um desafio extra pode desligar todas essas ajudas e, até mesmo, usar um conjunto de volante e pedais, que funcionam muito bem - especialmente quando se usa uma das visões internas do veículo.

Forza Horizon 5 - Divulgação/Microsoft - Divulgação/Microsoft
Imagem: Divulgação/Microsoft

Desempenho e qualidade visual também são destaques, mas, aqui, cabem algumas observações. Nos consoles novos, o game tem dois modos de funcionamento. No Series X, tanto o modo de performance quanto o de gráficos trazem resolução 4K, porém com taxa de 60 ou 30 quadros por segundo (fps). No Series S, ele limita a resolução a 1440p para entregar 60 quadros por segundo, deixando o game mais fluido.

Na geração passada, não há esse tipo de escolha. No Xbox One X resolução é 4K a 30 fps, enquanto no One S e no One convencional, o game roda a 1080p e 30 quadros por segundo. Tanto a resolução quanto a taxa de quadros são ilimitadas na versão de PC.

Por fim, nos consoles novos e no PC, o game oferece Ray Tracing - mas apenas no modo ForzaVista, que funciona como um mostruário de carros.

Forza Horizon 5 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Para onde Forza Horizon vai?

A aventura no México mal começou e, a julgar pelos outros games da série, deve se manter atrativa até um inevitável Forza Horizon 6. Mas confesso que fico com duas dúvidas.

A primeira: qual será o cenário do próximo episódio da franquia? O Japão ou até mesmo o Brasil seria bem bacana, mas é inegável que a abordagem da série abre um leque enorme de possibilidades.

Já a segunda é mais conceitual: até quando a franquia continuará entregando experiências tão boas quanto robustas? Será que Forza Horizon é um raríssimo caso de auge infinito? Se pararmos para pensar, os games da franquia têm estruturas bastante parecidas. São raras as novidades que provocam uma "revolução" nesse status quo (as mais notáveis nesse sentido foram exatamente a variação climática e a adoção de estações do ano).

De qualquer maneira, Forza Horizon 5 tem quatro rodas - mas não precisa reinventar nenhuma delas. É impressionante sua capacidade de se manter em um nível altíssimo, tanto no aspecto técnico quanto na diversão. Não é de hoje que a franquia está no topo dentre os games de corrida com pegada arcade e, para a alegria dos fãs, Forza Horizon 5 não desacelera - só segue me frente.

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL