PUBLICIDADE

Topo

Cyberpunk? Steampunk? Novo game Scarlet Nexus quer ser "Brainpunk"

Scarlet Nexus - Divulgação/Bandai Namco
Scarlet Nexus Imagem: Divulgação/Bandai Namco

Jefferson Kayo

Colaboração para o START

28/08/2020 10h00

Revelado durante um evento de jogos do futuro Xbox Series X, Scarlet Nexus quer apresentar ao jogador o conceito inédito de "Brainpunk", ou assim brincam os responsáveis pelo desenvolvimento do game.

Foi para saber mais se essa brincadeira tem um fundo de verdade que o START participou de uma apresentação do novo game da Bandai Namco, que será lançado tanto para a atual quanto a para a nova geração de consoles.

Na apresentação estavam presentes alguns desenvolvedores do jogo: o produtor Keita Iizuka (Code Vein), o diretor de arte Kouya Ochiai (God Eater) e o diretor do game, Kenji Anabuki (série Tales of).

Eles discutiram algumas das ideias principais que constituem o que é Scarlet Nexus, que está em desenvolvimento há pelo menos cinco anos, inclusive o que raios significa ser um jogo "Brainpunk".

Estilo "Brainpunk"

A brincadeira vem do conceito de futuro "cyberpunk" do jogo. De acordo com Iizuka, o mundo de Scarlet Nexus se destaca, principalmente, pelos avanços tecnológicos relacionados aos estudos do cérebro.

Da mesma forma que o vapor funciona no Steampunk para a criação da novas tecnologias, tudo em Scarlet Nexus gira em torno de como as ligações neurais entre pessoas e o ambiente podem ser usadas em prol da sociedade.

Scarlet Nexus - Divulgação/Bandai Namco - Divulgação/Bandai Namco
Imagem: Divulgação/Bandai Namco

O cérebro controla tudo. A experiência é compartilhada por todos. Imagine se conectar em tempo real com o mundo todo nas redes sociais através de um supercomputador que capta o seu pensamento, assim como o de outras pessoas, sendo capaz de desenvolver uma rede neural praticamente viva.

No jogo, essa tecnologia de unir as mentes é chamada de Psynet.

Obviamente essa conexão é utilizada também para a manufatura bélica. O uso das ligações neurais se dá também pela necessidade dos humanos se protegerem dos "Outros", criaturas oriundas do espaço (talvez?) que caem na Terra e se alimentam de cérebros humanos.

Como uma forma de se defender dessas criaturas que podem chegar do nada, os seres humanos desenvolveram técnicas de combate que se utilizam dessa tecnologia.

Scarlet Nexus inimigos combate - Divulgação/Bandai Namco - Divulgação/Bandai Namco
Imagem: Divulgação/Bandai Namco

O resultado se apresenta no campo de batalha através dos poderes telecinéticos do protagonista Yuito Sumeragi e seus companheiros de batalha.

Cada um dos heróis de Scarlet Nexus possui poderes especiais que podem ser emprestados para o personagem principal, de modo a transformá-lo numa máquina de combate quase perfeita.

A habilidade garante possibilidades ainda mais divertidas para o combate do game, além do visual — aqueles cabos vermelhos nas costas dos personagens — ser muito bacanas também.

Na demonstração fomos apresentados à Hibiki, personagem que luta com um bastão e é representada com um kanji de Fogo estilizado em neon.

Scarlet Nexus combate dupla - Divulgação/Bandai Namco - Divulgação/Bandai Namco
Imagem: Divulgação/Bandai Namco

Quando Yuito pega seu poder emprestado, seus golpes assumem as propriedades do elemento em questão, e somados aos seus poderes telecinéticos e alguns elementos especiais do cenário — barris de óleo, por exemplo — aumentam drasticamente o dano causado aos inimigos.

Gameplay na prática

O estilo e muitos dos conceitos de Scarlet Nexus podem até se basear nessa nova terminologia de " Brainpunk", mas na prática, pela demonstração que acompanhamos, o jogo demonstrar ser um RPG de ação.

Isso quer dizer que ele traz os elementos característicos do gênero com ele, como habilidades, equipamentos, ferramentas de personalização etc.

Scarlet Nexus combate - Divulgação/Bandai Namco - Divulgação/Bandai Namco
Imagem: Divulgação/Bandai Namco

O diferencial talvez esteja na parte de ação dele, seguindo por um caminho mais voltado para o hack'n slash, com o uso da espada e os poderes de telecinese do protagonista um ponto importante para diversificar as lutas.

Assistindo ao gameplay exclusivo do game, deu para ver que o combate é bem frenético, assemelhando-se muito mais a um Nier: Automata da vida do que um Code Vein ou God Eater.

Scarlet Nexus

Pulos duplos, corridas aéreas e esquivas no chão também facilitam o combate. Ferramentas não faltarão para ajudar a sua luta contra os "Outros".

Scarlet Nexus ainda não tem uma data de lançamento, mas será lançado tanto para a geração atual quanto para os novos consoles.

A maior diferença é que no Xbox Series X, PS5 e PC (via Steam) o game vai rodar a 60 frames por segundo. Já no PS4 e XONE fica travado em 30.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol