PUBLICIDADE

Topo

Que papelão: 5 curiosidades sobre Paper Mario nos 20 anos da série

Paper Mario: The Origami King será o retorno da série de papel para os consoles - Divulgação/Nintendo
Paper Mario: The Origami King será o retorno da série de papel para os consoles Imagem: Divulgação/Nintendo

Tiago Alcantara

Colaboração para o START

25/06/2020 04h00

No meio da pandemia, a Nintendo surpreendeu os fãs com um trailer e o anúncio de um Paper Mario para o Switch. O novo título da série de RPGs traz um Mario de papelão tendo que resgatar a princesa Peach que foi transformada em um origami (tradicional dobradura japonesa) em "Paper Mario: The Origami King".

A série completa 20 anos em 2020 e ficou marcada por colocar o bigodudo em aventuras quase surreais e cheias de piadas internas com o mundo do encanador. Claro, não dá para levar tão a sério um jogo que tem como protagonista um Mario de papelão, não é mesmo?

Sem mais enrolação, é hora de desdobrar essa história, com o perdão do trocadilho totalmente intencional.

Final Fantasy do Mario

SM RPG N64 - Divulgação/Nintendo - Divulgação/Nintendo
Imagem: Divulgação/Nintendo

Vale lembrar que Paper Mario não é a estreia do personagem mais famoso da Nintendo no gênero. Os mais velhos devem se lembrar que o primeiro título a misturar as características ao mundo do encanador foi Super Mario RPG, jogo lançado em 1996 para o Super Nintendo.

A ideia de fazer um jogo do tipo com o personagem mais famoso da gigante japonesa partiu de Shigeru Miyamoto e, para realizar a tarefa, a companhia contou com o desenvolvimento da Squaresoft. Na época, a marca já era famosa pela série Final Fantasy, dentre outros títulos do estilo.

Mas, ficou por aí a parceria. Podemos dizer que o surgimento de Paper Mario dá um novo significado para a expressão "de papel passado" nesse caso.

Cada um no seu quadrado

Paper Mario N64 - Divulgação/Nintendo - Divulgação/Nintendo
Imagem: Divulgação/Nintendo

O primeiro Paper Mario foi lançado em 2000 para o Nintendo 64 e teve a Intelligent Systems como desenvolvedora. Inicialmente, a ideia era que o game fosse uma continuação para Super Mario RPG.

No entanto, a Nintendo precisou deixar de lado a ideia de uma sequência por conta de problemas com a Squaresoft. O que a maioria das pessoas não sabe é que o time responsável pelo "sucessor espiritual" também é reconhecido entre os fãs do gênero por outro título: Fire Emblem.

Sim, o RPG tático que atualmente faz parte das franquias sobre o guarda-chuva da Big-N.

Você não conhece esse Mario

Paper Mario the Origame Game - Divulgação/Nintendo - Divulgação/Nintendo
Imagem: Divulgação/Nintendo

Além de misturar o sistema de combate por turnos que é tão famoso nesse tipo de aventura, os jogos da série trazem momentos de exploração em um mundo 3D.

Por vezes, o visual em 2D de Mario - que é realmente uma espécie de cartaz do popular personagem - rende lá seus trocadilhos. Um roteiro cheio de brincadeiras com a própria história da franquia e piadas infâmes também chama a atenção para o jogo.

Um exemplo: em que outra situação você imagina ver o Mario dançando ao melhor estilo "embalos de sábado à noite"? Ou, ainda, sentado em um restaurante tomando um lámen depois de um dia puxado?

Trocando os papéis

Trocando os papéis - Divulgação/Nintendo - Divulgação/Nintendo
Imagem: Divulgação/Nintendo

Uma característica bastante elogiada no game é a oportunidade de brincar com o mundo de Mario e colocar nomes que normalmente são vilões no jogo como parceiros.

Vários dos personagens que acompanham o protagonista em sua party têm papéis muito mais discretos no "dia a dia" dos games de plataforma do encanador. Como bons"parças", esse pessoal auxilia nas batalhas e, em alguns casos, também compartilha habilidades com Mario durante trechos do mapa.

Fazendo um bom papel

Mario Folded - Divulgação/Nintendo - Divulgação/Nintendo
Imagem: Divulgação/Nintendo

Além de significar uma "passagem de bastão" - ou seria melhor dizer, do papelão - a série Paper Mario tem números para lá de impressionantes, dando origem também a outra franquia de games do estilo: Mario & Luigi, focada nos consoles portáteis da Nintendo.

O primeiro game da série vendeu mais de 1 milhão de cópias, lá no ano 2000. Somados Super Mario RPG, Paper Mario e Mario & Luigi, a companhia japonesa já vendeu mais de 24 milhões de unidades. Nada mal para games que apostam em um punhado de piadas sagazes e boas doses de cartolina.

Se o trailer apresentado há algumas semanas fez um bom cartaz, vale lembrar que "Paper Mario: The Origami King" já está disponível em sistema de pré-venda e será lançado para o Nintendo Switch no dia 17 de julho.


SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol