PUBLICIDADE

Topo

The Last of Us 2: A-ha, Game of Thrones e outras curiosidades do jogo

A música tem papel fundamental em The Last of Us Parte II, seja na história, seja nas pequenas referências - Reprodução
A música tem papel fundamental em The Last of Us Parte II, seja na história, seja nas pequenas referências Imagem: Reprodução

Bruno Izidro

Do START, em São Paulo

23/06/2020 04h00Atualizada em 23/06/2020 18h02

The Last of Us Parte II finalmente foi lançado para PlayStation 4, e se você também ficou os últimos dias imerso no mundo do game já sabe que ele é cheio de detalhes.

Muita coisa pode passar despercebida na primeira vez, e há muitas histórias escondidas dentro e fora de jogo. Reunimos aqui algumas curiosidades sobre o game, com alguns spoilers, mas nada muito pesado.

O prólogo foi mostrado em 2014

A cena prólogo do jogo, em que Joel toca uma música para Ellie no quarto da garota, em Jackson, já tinha sido mostrada anos antes, em uma apresentação ao vivo com os atores dos personagens.

Tudo aconteceu na apresentação One Night Live, para celebrar o lançamento da versão Remastered do primeiro jogo para PS4. O evento contou com recriações ao vivo dos principais momentos de Joel e Ellie.

Quase toda a apresentação foi transmitida e hoje pode ser vista no YouTube. Porém, uma cena extra e inédita, que foi descrita como um novo epílogo para o final, foi encenada pelos atores Troy Baker (Joel) e Ashley Johnson (Ellie), e só quem estava presente no teatro assistiu.

Até pouco tempo só o que tínhamos era descrições da cena, mas para The Last of Us Parte II, a Naughty Dog finalmente a revelou, agora como parte do jogo.

O compositor aparece no game

No breve momento em que podemos passear por Jackson, note um senhor barbudo, sentado e tocando banjo. Esse é Gustavo Santaolalla, o compositor dos dois jogos, que ganhou sua própria versão digital no game.

The Last of Us 2 Gustavo Santaolalla - Reprodução - Reprodução
Versão dentro do game de Gustavo Santaolalla
Imagem: Reprodução

Santaolalla é argentino e conhecido por trilhas vencedoras de Oscar. The Last of Us foi o primeiro trabalho dele com games.

Ellie e Abby jogam RPG de mesa juntas

No game elas são antagonistas, mas na vida real as atrizes que interpretam Ellie (Ashley Johnson) e Abby (Laura Bailey) são bastante amigas.

The Last of Us Critical Role - Reprodução - Reprodução
Laura Bailey e Ashley Johnson em Critical Role
Imagem: Reprodução

Elas e outros atores jogam Dungeous & Dragons no canal Critical Role, da Twitch. O programa faz bastante sucesso na internet.

Pearl Jam

Como falamos no review, é possível achar no jogo um poster do álbum Lighting Bolt, da banda Pearl Jam. O fato é curioso pelo game ser cheio de nomes de bandas de rock, mas todas fictícias, como Halican Drops e The Bash.

The Last of Us poster Pear Jam - Reprodução - Reprodução
O álbum do Pearl Jam foi lançado em outubro de 2013, um mês depois do fim do mundo no game
Imagem: Reprodução

O poster pode ser encontrado em uma loja de música abandona em Seattle.

Pearl Jam também está presente no game com a música Future Days, que é a canção que Joel toca para Ellie no prólogo do jogo.

A-ha

Um dos momentos fofos do game é quando Ellie pega um violão e toca uma música para a namorada Dina.

A música é Take on Me, um dos maiores sucessos da banda norueguesa A-ha, mas em versão acústica. O grupo foi bastante popular nos anos 80, inclusive no Brasil.

Heróis e Vilões

The Last of Us herói - Reprodução - Reprodução
Cartas de heróis (e vilões) são os colecionáveis do game
Imagem: Reprodução

Assim como no primeiro game, The Last of Us Parte II tem colecionáveis, mas em vez de quadrinhos ou medalhas dos Vaga-Lumes, Ellie encontra cartas especiais de super-heróis e vilões de quadrinhos pelo cenário.

Alguns dos personagens são claramente inspirados em heróis da Marvel e DC. Um em particular, parece ser a versão do Tony Stark, o Homem de Ferro. Inclusive, o nome da empresa que o personagem cria é Spark.

Só faltou o "Gênio, bilionário, playboy e filantropo" na descrição.

Game of Thrones

Não, não tem nenhum trono de ferro ou dragões no game, mas a série da HBO está presente de forma indireta na trama.

O diretor criativo Niel Druckmann já revelou em entrevistas que uma das inspirações para The Last of Us foi o livro City of Thieves (Cidade de Ladrões), que foi escrito por David Benioff, um dos responsáveis (showrunners) pela adaptação para a TV de Game of Thrones.

The Last of Us Livro - Reprodução - Reprodução
Livro existe na vida real e foi uma das inspirações para o game
Imagem: Reprodução

Para deixar a referência ainda mais na cara, uma das personagens de The Last of Us Part II aparece lendo City of Thieves.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol