PUBLICIDADE

Topo

The Last of Us II: 7 tópicos para entender o game (sem spoilers)

The Last of Us parte II - Divulgação/Sony
The Last of Us parte II Imagem: Divulgação/Sony

Bruno Izidro

Do START, em São Paulo

12/06/2020 04h01

The Last of Us parte II chega ao PS4 em 19 de junho e é um dos lançamentos mais aguardados do ano. Mas o que esperar do jogo? Dá pra ir direto nele sem jogar o primeiro? Quais as novidades?

O START já jogou e terminou o game e vamos explicar aqui, em alguns tópicos, o que é o exclusivo de PlayStation. Tudo SEM SPOILERS da história.

Precisa jogar o primeiro The Last of Us?

Sim, você precisa jogar ou assistir a um resumo da história na internet.

O novo game é uma sequência direta e se passa quatro anos depois do primeiro. The Last of Us Parte II presume que a jogadora já conheça aquele mundo e os personagens.

Mesmo com a presença de novos rostos durante a aventura, muito do impacto e da força da narrativa na continuação vem dessa ligação com figuras do primeiro jogo, como Ellie, Joel e Tommy.

Um dia após o outro

The Last of Us Parte II barco na chuva - Divulgação/Sony - Divulgação/Sony
Imagem: Divulgação/Sony

Enquanto o primeiro game era dividido em estações, começando no verão e terminando na primavera, completando um ano no total, The Last of Us parte II é estruturado em dias, que separam os capítulos.

Grande parte dele acontece em menos de uma semana dentro da história. O game, porém, é bem longo, com cerca de 30 horas de duração.

Na cidade da Microsoft

The Last of Us parte II acontece, em sua maior parte, em Seattle, nos EUA. Na nossa realidade, a cidade é um polo tecnológico onde estão sedes de empresas como Microsoft e Amazon.

The Last of Us Seattle - Divulgação/Sony - Divulgação/Sony
Imagem: Divulgação/Sony

No jogo, a metrópole está em ruínas por causa do apocalipse que aconteceu 25 anos antes. A vegetação está tomando cada vez mais conta da paisagem urbana e isso é bastante utilizado no gameplay.

Novidades no gameplay

A sequência traz de volta muitas mecânicas do primeiro, como a criação de itens e melhorias para as armas, mas também acrescenta novidades que mudam bastante a forma de jogar. As principais são:

- Um botão de pulo, para a exploração

- Rastejar no chão, para a furtividade

- Esquiva, para combates corpo-a-corpo

Novos inimigos

Além dos infectados, você vai enfrentar duas novas facções de inimigos, com estilos e aparência diferentes.

Os WLF (Washingtom Liberation Front) são um grupo paramilitar, sempre organizados e que andam em grupo. Alguns deles também andam com cachorros, que conseguem farejar a protagonista.

The Last of Us Parte II gameplay - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Os Serafitas (ou Cicatrizes) é um culto quase religioso. Os integrantes têm o rosto marcado por cicatrizes e usam assovios para se comunicar nos confrontos. Em sua maioria, só usam armas brancas.

The Last of Us parte II serafitas - Divulgação/Sony - Divulgação/Sony
Imagem: Divulgação/Sony

Há também uma nova evolução de infectado, chamado trôpego. Eles exalam ácido quando se aproximam de Ellie. Ainda há outras novidades com relação a inimigos, mas falar seria estragar demais a experiência.

The Last of Us parte II novos inimigos - Divulgação/Sony - Divulgação/Sony
Imagem: Divulgação/Sony

Ao jogar, use fone

The Last of Us parte II tem uma qualidade técnica impressionante. Isso está presente não só no visual como também no som.

Ouvir os infectados dá arrepios e os efeitos sonoros quando Ellie está mexendo nas armas, na bancada de melhorias, estão em outro patamar de sensações auriculares.

Acessibilidade

Alguns jogos já possuem opções de acessibilidade, como modo daltônico e remapeamento de controles, mas The Last of Us Parte II vai além e tem a mais completa e diversificada opção nesse aspecto em um videogame.

Muitas das opções podem até ser encaradas como um "modo fácil" disfarçado, como auxílio de mira e movimentação, mas são bastante úteis para quem não está acostumados a jogar videogame e, principalmente, para pessoas com deficiência motora, auditiva ou visual.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol