Topo

Fortnite


Predador sexual é preso por atrair vítimas usando "Fortnite"

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do GameHall

21/01/2019 11h46

Um homem de 41 anos foi preso na Flórida, Estados Unidos, acusado de supostamente usar o jogo "Fortnite" para atrair uma jovem de 17 anos e iniciar atividades sexuais. As informações são da BBC News.

Anthony Gene Thomas é acusado de fazer sexo ilegal com a jovem menor de idade e de possuir imagens e vídeos indecentes de crianças. A polícia acredita que pode haver até 20 vítimas adicionais.

Segundo relatório policial, uma mulher de 23 anos agiu como cúmplice, utilizando o bate-papo por voz de "Fortnite" para contactar a jovem e então apresentá-la a Thomas.

"Este caso é preocupante não apenas porque envolve pornografia infantil, mas também porque um popular jogo online foi usado para se comunicar com a vítima", disse Ashley Moody, promotora da Flórida, em um comunicado.

"Os pais precisam saber que os predadores usarão todos os meios possíveis para atacar e explorar uma criança. Estou pedindo aos pais e responsáveis que, por favor, saibam com quem seus filhos se encontram online e falem com eles sobre predadores sexuais", disse ainda, pedindo que outras vítimas entrem em contato com a polícia.

No momento apenas uma vítima foi identificada, a jovem de 17 anos que alegou que Thomas estava usando dinheiro e presentes para atrai-la, como um aparelho celular que permitia entrar em contato, o que levou a um encontro no final de agosto de 2018.

O acusado e a cúmplice teriam então levado a jovem para a casa de Thomas, onde as atividades sexuais ocorreram. Os pais notificaram a polícia sobre o desaparecimento da adolescente, que posteriormente a localizou e a retornou para casa.

Depois de ser levada para casa, a vítima permaneceu em contato com Thomas, que permitiu a polícia de rastreá-lo até sua casa e apreender seu telefone, onde foram encontram as imagens e vídeos das atividades sexuais.

"Fortnite" está disponível para PC, PS4, Switch, Xbox One e dispositivos Android e iOS.

Siga o UOL Start no

Mais Fortnite