PUBLICIDADE
Topo

Andrew Lloyd Webber abre teatro Drury Lane após reforma de US$80 milhões

23/07/2021 16h19

Por Marie-Louise Gumuchian

LONDRES (Reuters) - O compositor e produtor musical Andrew Lloyd Webber reabriu o seu teatro Royal Drury Lane nesta sexta-feira, após uma restauração de dois anos e 80 milhões de dólares, com o objetivo de manter o histórico centro cultural aberto o dia inteiro e não apenas para apresentações.

O teatro, conhecido como The Lane, possui um auditório reformado, luxuosas escadarias, um bar de champanhe inspirado no Panteão de Roma, uma área de jantar que funciona o dia inteiro e um bar de coquetéis batizado em homenagem ao fotógrafo Cecil Beaton.

Lloyd Webber, veterano do West End de Londres, comprou o teatro em 2019 e embarcou no projeto de restauração de 60 milhões de libras, com o objetivo de honrar a história do prédio, ao lado da sua esposa Madeleine.

Situado no Covent Grande de Londres, o teatro é descrito como o "mais antigo em uso contínuo no mundo", ativo desde o século 17.

O príncipe Charles e sua esposa Camilla abriram oficialmente o teatro mês passado. O térreo será aberto ao público na sexta-feira, e "Frozen - O Musical" deve estrear no local no final de agosto.

Em paralelo nesta sexta-feira, Lloyd Webber, o homem por trás de musicais como "O Fantasma da Ópera" e "Cats", disse que sua nova produção em Londres, "Cinderela", estreará em 18 de agosto após ser adiada no começo desta semana.

O compositor cancelou a estreia oficial de terça-feira - após quase um mês de prévias - porque um membro do elenco testou positivo para Covid-19. As regras de auto-isolamento para o resto do elenco, que testou negativo, significou que o musical não poderia estrear como planejado naquele dia.

(Por Mike Davidson e Marie-Louise Gumuchian)