PUBLICIDADE
Topo

Causa da morte de Kailia Posey, estrela do 'Pequenas Misses', é revelada

Kailia Posey participou reality show "Pequenas Misses" - Reprodução / Instagram / Youtube
Kailia Posey participou reality show "Pequenas Misses" Imagem: Reprodução / Instagram / Youtube

De Splash, em São Paulo

04/05/2022 07h45Atualizada em 04/05/2022 07h53

Kailia Posey, que ficou conhecida no reality show norte-americano "Pequenas Misses", morreu aos 16 anos. A mãe da jovem, Marcy Posey Gatterman, confirmou a notícia em publicação no Facebook.

Apesar dos relatos de que Kailia teria se envolvido em um acidente, a família dela confirmou ao "TMZ" que a causa da morte foi suicídio.

"Embora ela fosse uma adolescente talentosa com um futuro brilhante pela frente, infelizmente, em um momento impetuoso, ela tomou a decisão precipitada de acabar com sua vida terrena", diz o comunicado enviado ao site americano.

Ela ganhou inúmeras coroas e troféus após competir no circuito de concursos toda a sua vida... Seu talento altamente aclamado como contorcionista já havia levou a ofertas de trabalho em turnês profissionais, e ela havia sido selecionada recentemente para ser uma líder de torcida em sua escola no próximo outono.

"Pequenas Misses" foi exibido pelo canal TLC entre 2009 e 2013. O programa cobria a vida das famílias enquanto preparavam suas filhas para competirem em concursos de beleza.

Kailia Posey tinha apenas cinco anos quando competiu no concurso California Tropic Arizona e apareceu em um episódio do programa. Uma das cenas dela, inclusive, acabou virando meme e viralizando mais tarde.

Segundo a People, depois de sua participação no reality show, ela continuou competindo. Em janeiro deste ano, ela anunciou que disputaria o Miss Washington Teen USA.

O concurso ocorreu em fevereiro e ela representou a cidade de Lynden, mas não venceu.

Procure ajuda

Caso você tenha pensamentos suicidas, procure ajuda no CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade.

O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil