PUBLICIDADE
Topo

Holly Madison detalha experiência sombria na mansão da Playboy

Holly Madison, ex-coelhinha da Playboy, afirma que a famosa mansão da revista é mal-assombrada. - Reprodução/Instagram.
Holly Madison, ex-coelhinha da Playboy, afirma que a famosa mansão da revista é mal-assombrada. Imagem: Reprodução/Instagram.

Colaboração para Splash, de São Paulo

20/01/2022 11h51Atualizada em 20/01/2022 11h51

Em "Secrets of Playboy", Holly Madison conta um pouco de sua experiência na mansão. Ex-namorada de Hugh Hefner, a ex-coelhinha trata sobre o que acontecia no ambiente na nova série documental, que estreia dia 24 de janeiro no canal A&E.

Com isso, a série tem a intenção de desvelar as "realidades ocultas" por trás do império de Hefner, que faleceu em 2017. Até o momento, o documentário tem chamado a atenção por seus trailer e entrevistas chocantes.

Holly Madison - Reprodução/Instagram. - Reprodução/Instagram.
Holly Madison, modelo e ex-coelhinha da Playboy, já sofreu com dismorfia corporal no passado.
Imagem: Reprodução/Instagram.

Conforme Madison, a mansão se assemelhava a um culto. "A razão pela qual eu acho que a mansão era muito parecida com um culto olhando para trás é porque estávamos todos meio loucos e esperávamos pensar em Hef como esse cara muito bom", relatou.

Mesmo com comentários negativos na mídia sobre o fundador da Playboy, a ex-coelhinha confessou que não o via daquele jeito à época. Acreditava que ele era "apenas um homem legal" e que incentivava a liberdade sexual.

"Foi tão fácil ficar isolada do mundo lá fora (...) você tinha um toque de recolher às 21 horas. Você era encorajada a não receber amigos. Você não tinha permissão para sair a menos que fosse como um feriado em família", relembrou.

Como Hefner tinha ciúmes, pediu para que Holly largasse o trabalho de garçonete e aceitasse uma mesada semanal de mil dólares - aproximadamente R$ 5.400 na cotação atual. Depois que deixou a mansão em 2008, Madison explicou sua experiência traumática em um livro, que lançou em 2015.

Agora, com a série "Secrets of Playboy", outros envolvidos no império de Hugh Hefner relatam o que presenciaram na mansão, desde orgias a sexo grupal.