PUBLICIDADE
Topo

Hugh Hefner drogou mulheres e fez orgias em Mansão da Playboy

O fundador da revista Playboy, Hugh Hefner. - Danny Moloshok/Reuters.
O fundador da revista Playboy, Hugh Hefner. Imagem: Danny Moloshok/Reuters.

Colaboração para Splash, de São Paulo

18/01/2022 13h38Atualizada em 18/01/2022 13h38

Hugh Hefner não é só conhecido por ser o fundador da Playboy, mas também por diversas polêmicas que o cercam. Conforme um novo documentário, Hefner drogava dezenas de mulheres para que participassem de orgias no mínimo degradantes. Por trás dos escândalos, contudo, afirmava que era, na verdade, um defensor da liberdade sexual.

Desvendar esse e outros acontecimentos obscuros do ambiente é a missão da série documental "Secrets of Playboy", que conta com 10 episódios e estreará dia 24 de janeiro, no A&E. Também tem a intenção de mostrar como se tornou um "playground" para uso de drogas e abusos sexuais.

Sendo assim, a série busca encontrar as verdades ocultas da Playboy por meio de entrevistas com pessoas que viveram no local. Dentre as participações, destacam-se as ex-namoradas de Hugh Hefner, Holly Madison e Sondra Theodore, e a ex-Mãe Coelho PJ Masten.

Hugh Hefner - Divulgação. - Divulgação.
Capa da Playboy homenageia Hugh Hefner, morto em setembro de 2017.
Imagem: Divulgação.

Em um trecho, Sondra revela que havia sexo em grupo cinco vezes por semana na mansão. Além disso, Hefner trazia prostitutas - que não eram consideradas bonitas - para fazer sexo com seus amigos, eram as chamadas "Pig Nights".

Segundo o documentário, os membros VIP tinham liberdade para fazer o que quisessem, um deles inclusive era o apresentador do "Soul Train", Don Cornelius. Já Madison confessou que chegou a pensar em suicídio com o estilo de vida que tinha como coelhinha, além de confirmar que o fundador da revista recusava usar proteção em relações sexuais.

Enfim, "Secrets of Playboy" analisa a trajetória da revista e de seu criador. Ainda, trata os horrores vividos na mansão e o comportamento agressivo de Hugh Hefner, bem como sua compulsão sexual e seus desejos insaciáveis.