PUBLICIDADE
Topo

Françoise viveu a clássica Meg em 'Por Amor'; veja quem do elenco já morreu

De Splash, em São Paulo

16/01/2022 18h51Atualizada em 16/01/2022 19h31

Morreu aos 64 anos, no Rio de Janeiro, a atriz Françoise Forton. Splash confirmou que a atriz lutava contra um câncer, e estava internada na Clínica São Vicente, na Zona Oeste carioca.

Entre os papéis de destaque de Forotn, que estava afastada das telenovelas desde 2019 (seu último crédito na TV é em "Amor sem Igual", da Record), está a personagem Margarida Saboya Trajano, ou Meg, da novela "Por Amor" (1997).

Na icônica novela de Manoel Carlos, Meg estava sempre com a cachorrinha Inez, e era uma mulher da elite da Barra da Tijuca. Emergente, ela enriqueceu com o trabalho e é descrita como umapessoa divertida e que participa de muitas campanhas sociais. Na trama, é casada com Manoel (Ricardo Petráglia) e mãe de Laura (Vivianne Pasmanter) e Natália (Júlia Almeida).

Meg (Françoise Forton) com a cachorrinha Inéz em "Por Amor" - Divulgação/TV Globo - Divulgação/TV Globo
Meg (Françoise Forton) com a cachorrinha Inéz em "Por Amor"
Imagem: Divulgação/TV Globo

Françoise, porém, não é a única integrante do elenco da clássica trama de Gabriela, Regina Duarte e Antônio Fagundes que já nos deixou. Relembre outros membros do elenco que já morreram.

Paulo José

Paulo José em "Por Amor" - Reprodução/Globo - Reprodução/Globo
Paulo José em "Por Amor"
Imagem: Reprodução/Globo

O ícone do cinema, da televisão e do teatro morreu em agosto do ano passado aos 84 anos, em decorrência de uma pneumonia. O ator havia sido diagnosticado com Parkinson em 1993, e interpretou Orestes em "Por Amor" —um homem alcoólatra lembrado por ser o pai de Sandrinha (Cecília Dassi) e rejeitado pela filha mais velha, Maria Eduarda (Gabriela Duarte).

Eloísa Mafalda

A atriz Eloísa Mafalda no seriado "Delegacia de Mulheres" (1990) - Divulgação/Globo - Divulgação/Globo
A atriz Eloísa Mafalda no seriado "Delegacia de Mulheres" (1990)
Imagem: Divulgação/Globo

Intérprete de Leonor Batalha, avó de Catarina (Carolina Dieckmann), Eloísa morreu em 2018, em Petrópolis, Rio de Janeiro, aos 93 anos. Ela lutava contra problemas respiratórios e morreu em decorrência de agravamentos do quadro de saúde. Ela deixou dois filhos, dois netos e dois bisnetos.

Umberto Magnani

Umberto Magnani como o Elias, em "Alma Gêmea" - Márcio de Souza/Globo - Márcio de Souza/Globo
Umberto Magnani como o Elias, em "Alma Gêmea"
Imagem: Márcio de Souza/Globo

O ator viveu o personagem Antenor Andrade, marido de Mafalda (Beatriz Lyra), e morreu em 2016, aos 75 anos. Ele sofreu um acidente vascular encefálico, e faleceu dois dias após seu aniversário.

Castro Gonzaga

Castro Gonzaga em 'O Cravo e a Rosa' - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Castro Gonzaga em 'O Cravo e a Rosa'
Imagem: Reprodução/TV Globo

Responsável por interpretar o médico obstetra Dr. Juvenal Moretti, Gonzaga morreu em 2007, em Petrópolis, com 89 anos, após falência múltipla de órgãos.

Carlos Eduardo Dolabella

Carlos Eduardo Dolabella interpretou Arnaldo em "Por Amor" - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Carlos Eduardo Dolabella interpretou Arnaldo em "Por Amor"
Imagem: Reprodução/TV Globo

Ele interpretou o empresário Arnaldo de Barros Mota, e morreu em 2003, com 65 anos, em decorrência de falência múltipla de órgãos. Ele havia sido internado com um quadro de insuficiência cardíaca, e acabou não resistindo aos agravamentos.

Maria Alves

Falecida em 2008, Maria Alves viveu a personagem Maria de Jesus, esposa de Jorge (Jorge Coutinho). Ela nos deixou após batalha contra o câncer, aos 60 anos.

Guilherme Corrêa

O ator morreu em 2006, com 75 anos, e interpretou o personagem Zito na novela. Ele era apontador do jogo do bicho, e o personagem era aquele "amigão de todo mundo".

Marly Bueno

A atriz Marly Bueno - Reprodução - Reprodução
A atriz Marly Bueno
Imagem: Reprodução

Lembra da governanta Antonieta Azevedo? Ela morou nos Estados Unidos e, em determinado momento da novela, passa a trabalhar para Maria Eduarda e Marcelo (Fábio Assunção). A atriz morreu em 2012, aos 78 anos, com disfunção de múltiplos órgãos.

Norma Geraldy

Norma Geraldy - Reprodução - Reprodução
Norma Geraldy
Imagem: Reprodução

Norma morreu aos 95 anos, em 2003, em virtude de uma arritmia cardíaca. Na novela, ela interpretou Filomena Novelli, mãe de Atílio (Antonio Fagundes), descrita como "uma mulher graciosa, espirituosa, que ama e critica o filho com a mesma intensidade". Ela tem em seu currículo títulos como "Vereda Tropical", Jogo da Vida", "Transas e Caretas" e "Quem Ama Não Mata".

Edyr de Castro

Edyr de Castro - Reprodução - Reprodução
Edyr de Castro
Imagem: Reprodução

A empregada de Meg (Forton) era uma mulher que estava há muito tempo na casa e tratava com intimidade as filhas da patroa. Edyr, que era do grupo As Frenéticas, morreu em 2019, e a causa foi falência total de órgãos. Ela tinha 72 anos.