PUBLICIDADE
Topo

Ex-motoboy de Marquezine muda de vida e compra BMW: 'Meta de R$ 1 milhão'

Felipe Pinheiro

De Splash, em São Paulo

06/12/2021 04h00

Bruno Araújo conheceu Bruna Marquezine como mototaxista no Carnaval de Salvador, em 2019, quando a atriz foi sua passageira. A corrida foi até o hotel Fasano, onde ela passou aquela temporada de folia. A foto e o vídeo de Bruno e Bruna viralizaram à época, e ele teve os seus minutos de fama. Quase três anos depois, muita coisa mudou na vida do baiano, que continua morando em Salvador com a mulher e os dois filhos.

Alguns meses após o encontro com a xará, que naquele momento era uma das grandes estrelas da TV Globo, Bruno, incentivado por um amigo, começou a estudar e se tornou consultor financeiro em uma empresa de investimentos.

Antes da nova profissão, além de atuar como mototaxista em datas comemorativas, ele tinha uma loja de assistência técnica e ainda trabalhava em um shopping como orientador de tráfego no estacionamento."Eu era igual o Julius do 'Todo Mundo Odeia o Chris', dormia e acordava fardado", brinca.

Trabalhando sem ser como freelancer, eu conseguia tirar entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. Era muito apertado. Quando conseguia trabalhar nos três empregos o mês todo, tirava até R$ 5 mil. Hoje, o mínimo que recebo é R$ 10 mil em um mês fraco de captação. E o máximo não tem limites, pois depende dos contratos que fecho.

Aos 31 anos e realizado com a reviravolta profissional, Bruno tem muitos planos — inclusive em relação à aposentadoria. "Tenho vários tipos de metas: mensal, semanal e anual. Todo mês foco para captar R$ 1 milhão em carteira de clientes dentro da empresa. A minha meta pessoal é chegar aos 40 anos e já estar aposentado, vivendo dos meus investimentos em aplicações. Eu não vivo só com a renda do meu salário", afirma.

E quando será que ele conseguirá o primeiro R$ 1 milhão na conta? "Se tudo der certo e Deus abençoar, eu creio que no final de 2022 essa meta será batida", acredita.

Para ter R$ 1 milhão líquido não é como ter 1 milhão em aplicações. É difícil, mas entendo que mudar de vida financeiramente não quer dizer que posso extrapolar. Tudo deve ser feito dentro de um cronograma financeiro.

Moto BMW e uma vida simples

Bruno Araújo compra moto BMW após se tornar consultor financeiro - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Bruno Araújo compra moto BMW após se tornar consultor financeiro
Imagem: Arquivo pessoal

Um bem material que o ex-motoboy conquistou foi a compra de um novo veículo. Ele trocou a moto que levou Bruna Marquezine na garupa por uma dos seus sonhos. Embora tenha melhorado de condição financeira, Bruno mantém os pés no chão.

"É uma BMW. Já não é mais a Gross que a Bruna Marquezine sentou. Mas procuro viver de uma forma simples, não ando esbanjando porque entendi que foi uma oportunidade que Deus me deu e não posso desperdiçá-la. Não sei se terei outra chance como essa", diz.

Para ele, uma das conquistas mais especiais vai além de ver o dinheiro aumentar na conta bancária. "Um dos pontos mais impactantes é ver os meus familiares mudando de vida com a minha consultoria, além dos amigos que confiam no meu trabalho. Tenho clientes comigo há dois anos. Eles são fiéis ao meu trabalho".

Entendi há oito anos que o meu propósito é ajudar pessoas a mudar de vida, independentemente da situação. Deus me chamou para ser um canal de bênção para outras pessoas, mesmo levando uma palavra de conforto. Para mim isso não tem preço.

Encontro com Bruna Marquezine: "Experiência profunda"

Bruno Araújo com Bruna Marquezine; o consultor financeiro conheceu a atriz quando trabalhava como motoboy. - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Bruno Araújo com Bruna Marquezine; o consultor financeiro conheceu a atriz quando trabalhava como motoboy.
Imagem: Reprodução/Instagram

Bruno se recorda com carinho do que viveu com Marquezine e de como aquele momento repercutiu em sua vida. De alguma forma, a torcida que recebeu surtiu efeitos que nem mesmo ele poderia imaginar.

"Foi uma experiência profunda. Recebi muitas mensagens, fui ovacionado pelo público. Vieram falar comigo, me desejaram um futuro próspero e que eu vencesse na vida. Graças a Deus aconteceu", declara.

A despeito dos elogios e comentários positivos, o consultor financeiro também entendeu naquele Carnaval quem eram os "haters" das redes sociais. "Muitos criticaram, acharam que foi mentira da minha parte quando disse que ela [Bruna Marquezine] foi cortês. Comigo ela foi comunicativa e agradável. Sinceramente, só quando olho para as fotos e vídeos consigo acreditar que eu estava levando a Bruna Marquezine na minha moto", diz.

O próximo plano de Bruno é fazer uma espécie de documentário para ser publicado nas redes sociais sobre a sua história. A ideia é que sirva de inspiração para outras pessoas. O encontro com Bruna Marquezine, claro, fará parte do vídeo.

E, se tivesse a oportunidade de reencontrá-la, o baiano sabe o que diria. "Bruna Marquezine, sou o seu ex-mototaxista. Agradeço pelo carinho que você teve comigo e digo que posso ser o seu consultor financeiro", diz ele, aos risos.