PUBLICIDADE
Topo

Pequena Lô desabafa após ser impedida de embarcar com scooter: 'Transtorno'

Pequena Lo disse que foi impedida de despachar scooter em voo da Azul - Divulgação
Pequena Lo disse que foi impedida de despachar scooter em voo da Azul Imagem: Divulgação

Colaboração para Splash, em Alagoas

03/12/2021 13h38Atualizada em 03/12/2021 16h46

A influenciadora digital Lorrane Silva, de 24 anos, conhecida nas redes sociais como Pequena Lô, acusa a companhia de aviação aérea Azul de impedir que ela conseguisse embarcar com a scooter que usa para se locomover, em um voo saindo do aeroporto Santos Dummont, no Rio de Janeiro, com destino a São Paulo.

Por meio de seu perfil no Twitter, Lô diz que a empresa atrasou o voo com 118 pessoas a bordo em cerca de uma hora devido ao fato de os funcionários se recusarem a despachar sua scooter.

Lorrane afirma ter ficado "chocada com o transtorno que causaram por nada" e conta que, após o ocorrido, optou por descer da aeronave e embarcar em outro voo.

"Ia ter um voo agora e eles simplesmente atrasaram o voo 1h de prazo, porque não queriam despachar a minha scooter. Atrasando um voo com 118 pessoas, por conta da minha motinha. Eu estou completamente chocada com o transtorno que causaram por nada", iniciou.

"Acabei de descer do avião porque decidi que não iria mais nesse voo, depois dessa falta de noção que aconteceu. Agora vou ter que pegar outro voo. Gente, eu viajo toda semana e hoje eles implicaram com a minha scooter. E para completar, tive que subir escadas porque o voo de hoje foi remoto. O tamanho da escadaria que tive que subir, e agora descer porque desisti de viajar nesse voo. Agora imagina as outras pessoas com deficiência que precisam viajar? A gente não tem direito de ir e vir, pelo amor de Deus gente! Revoltante. Isso vale para todas linhas aéreas", completou.

Também pelo Twitter, a Pequena Lô rebateu as críticas de alguns seguidores que a acusaram de querer "lacrar" para "gerar engajamento".

"E respondendo alguns comentários que eu já li 'ah Lô, mas você dinheiro, porque não pagou para despachar, imagina quem não tem condição'... e quem está falando isso gente? Eu estou falando de direito da pessoa com deficiência. Parem de achar que vocês estão militando, vocês estão é enchendo o saco! Vocês falam que é frescura porque não passam por isso na vivência de vocês. Tenham empatia pelo menos alguns minutos", escreveu.

Em seguida, repostou uma postagem crítica de um seguidor. "E vamos de opinião de gente que nem mostrar a cara mostra. Vai chata(o) fala".

Em nota enviada ao Splash, a Azul disse reconhecer "que houve um erro ao solicitar a documentação do modelo de bateria da scooter adaptada" da influenciadora e "pede desculpas pelos transtornos causados". Por fim, a companhia disse que a Pequena Lô "foi reacomodada" em outro voo e "que aplicará novos treinamentos em sua tripulação para que situações como essa não voltem a se repetir.