PUBLICIDADE
Topo

Miss Transex Brasil é presa por roubar clientes durante programas sexuais

Mikaelly da Costa Martinez, Miss Transex Brasil 2019 - Reprodução
Mikaelly da Costa Martinez, Miss Transex Brasil 2019 Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

29/11/2021 12h35

Policiais civis da 16ª DP (Barra da Tijuca, Rio de Janeiro) prenderam ontem Mikaelly da Costa Martinez, eleita Miss Transex Brasil em 2019, por acusação de roubo.

De acordo com a Polícia Civil, ela é investigada por aplicar diversos golpes conhecidos como "Boa Noite, Cinderela".

Segundo as investigações, Mikaelly atraía clientes para programas sexuais pelas redes sociais. Com a ajuda de uma comparsa, ela dopava a vítima, subtraía seus pertences e fazia transferências bancárias por meio de aplicativos de celular.

Mikaelly mora em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e já esteve no Rio de Janeiro por duas vezes. Em ambas as ocasiões, teria cometido o mesmo crime.

Segundo os agentes, ela também responde por envolvimento em homicídio na cidade de Coxim, em Mato Grosso do Sul, e já respondeu por diversos roubos e golpes em São Paulo, Florianópolis e Balneário Camboriú.