PUBLICIDADE
Topo

Mulher será indenizada em R$ 600 mil por acidente em festival sertanejo

Festa do Peão de Americana - Reprodução / Facebook
Festa do Peão de Americana Imagem: Reprodução / Facebook

De Splash, em São Paulo

29/11/2021 12h09

A Terceira Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) determinou que o Clube dos Cavaleiros de Americana, organizador da Festa do Peão de Americana, indenize em R$ 600 mil uma mulher que se acidentou no evento e ficou paraplégica.

O incidente aconteceu no dia 12 de junho de 2013. Na época, a jovem tinha 22 anos e sonhava em seguir uma carreira de modelo.

Splash teve acesso ao acórdão, que explica que a mulher tropeçou em um degrau de tábua que estava solto e que, "tentando se apoiar, a autora levou as mãos em direção a lateral da escadaria achando que houvesse ali algum tipo de proteção para se apoiar, no entanto só havia um tecido, que por óbvio, não foi capaz de segurá-la, e dessa forma a autora passou por um vão vindo a cair de uma altura de aproximadamente quatro metros."

A ação ainda destaca que a "autora foi à Festa do Peão gozando de perfeita saúde e de lá voltou em uma cadeira de rodas, paraplégica, sequer conseguindo ter controle sobre sua urina e suas fezes, passando a usar fraldas."

À luz desses parâmetros, com relação à própria vítima, é inquestionável o dano moral sofrido em decorrência da gravidade do acidente, bem como das suas consequências (extensão e irreversibilidade das sequelas - paraplegia). destaca um trecho do documento

O Tribunal de Justiça local chegou a reduzir o valor da indenização para R$ 140.000,00, sendo R$ 80 mil para a vítima e R$ 30 mil para cada um dos seus genitores. O STJ, porém, entendeu que o novo montante destoava da gravidade do caso e determinou a quantia de R$ 600.000,00.

A reportagem entrou em contato com a Festa do Peão de Americana, mas não obteve retorno até o momento da publicação desta nota.